quinta-feira, 20 de abril de 2017

Bolo invertido de espelta e ruibarbo / Rhubarb & spelt upside down cake


O ruibarbo não é propriamente uma fruta mas para mim é como se fosse. Tem aspecto de um vegetal mas o sabor é uma mistura de doce e ácido q.b.. Foi paixão à primeira, o sabor é simplesmente maravilhoso. Cheguei a plantar e tive ruibarbo durante cerca de dois anos mas o calor por aqui no verão é tanto que não resistiu. Este veio de uma quinta e pelo que me disseram é biológico. Fica ótimo em crumbles, tartes, cobblers, clafoutis bolos, iogurtes, compotas. Aqui no blog podem encontrar variadas receitas. 
Demorei a decidir-me e acabei por adaptar ligeiramente uma do fabuloso livro Sweeter Off The Vine da Yossi Arefi. A receita original é com farinha de centeio mas usei farinha de espelta. 
Este bolo fica super macio, aromático e húmido, uma delícia para os sentidos.
Como já sei que me vão perguntar, em Lisboa nesta altura (estamos em plena época) talvez encontrem nos mercados (Ribeira, Príncipe Real, Campo Pequeno) e Sup. Brio ou no Continente.










{Scroll down to english recipe}


 BOLO INVERTIDO DE ESPELTA E RUIBARBO
Adaptado do livro Sweeter off the Vine
 
Cobertura
500g de ruibarbo, cortado
150g de açúcar
55g de manteiga
1 c. (chá) de raspas de limão
1 vagem de baunilha (ou extracto)

Bolo
250g de farinha de espelta
1 c. chá de fermento em pó
1/2 c. chá de bicarbonato de sódio
1/2 c. chá de sal
115g de manteiga, à temperatura ambiente
100g de açúcar
2 ovos grandes, à temperatura ambiente
1 c. chá de pasta de baunilha (ou extrato)
335ml de buttermilk* (330ml de leite + 1 c. sopa de sumo de limão)

Para o buttermilk, misturar numa taça 330ml de leite + 1 c. (sopa) de sumo de limão e deixar repousar 10 A 15 min. até acoalhar.


COBERTURA

Numa frigideira juntar o açúcar, a manteiga, as sementes raspadas de uma vagem de baunilha (ou pasta/extrato), as raspas de limão e o sal e levar ao lume.
Quando o açúcar começar a derreter juntar o ruibarbo e cozinhar cerca de 4 minutos só até ficar ligeiramente macio.
Retirar do lume e deixar arrefecer 5 minutos.

BOLO
Preparar o buttermilk, juntando o leite com o sumo de limão e deixar repousar 10 minutos até acoalhar.
Untar uma forma de 22cm com manteiga e forrar a base com papel vegetal.
Dispor o ruibarbo no fundo de forma a criar um padrão (cortar os talos consoante o padrão). Espalhar o molho que sobrou por cima.
Numa taça misturar a farinha com o fermento, o bicarbonato e o sal.
Bater a manteiga com o açúcar cerca de 5 minutos, até a mistura ficar cremosa.
Juntar os ovos, um a um e bater bem entre cada adição.
Raspar as laterais da taça com uma espátula.
Juntar a farinha alternando com o buttermilk e bater só até ficar bem ligado.
Distribuir a massa por cima do ruibarbo e bater com a forma na bancada 2 ou 3 vezes para remover as bolhas de ar.
Levar ao forno a 180ºC cerca de 40 minutos, até o palito sair seco.
Deixar arrefecer 10 a 15 minutos e desenformar invertendo a forma para um prato. Retirar o papel vegetal com delicadeza.
Servir com crème fraîche ou chantilly.


{Recipe in English}



RHURBARB & SPELT UPSIDE DOWN CAKE
Adapted from Sweeter Off The Vine book


RHUBARB TOPPING
450g rhubarb
1 vanilla bean
150g granulated sugar
55g unsalted butter
1 teaspoon lemon zest
Pinch of salt


CAKE
250g spelt flour
1 tablespoon baking powder
1/2 teaspoon baking soda
1/2 teaspoon salt
115g unsalted butter, at room temperature
100g granulated sugar
2 large eggs, at room temperature
1 teaspoon vanilla extract
335ml buttermilk, at room temperature


RHUBARB TOPPING
Combine the sugar, butter, vanilla seeds (or paste), lemon zest, and salt in a skillet and set over medium low heat.
Heat, stirring occasionally, until the sugar and butter begin to melt together then add the rhubarb. Cook the rhubarb, turning it occasionally in the pan, until it is juicy, slightly tender, about 4 to 5 minutes.
Set it aside to cool slightly, about 5 minutes.


CAKE
Position a rack in the center of the oven and preheat to 375F (180ºC).
Butter a 9-inch cake pan and line it with parchment paper.
Layer the rhubarb across the bottom of the pan in a pattern (cutting the edges as necessary), adding any remaining syrup mixture to the pan.
In a medium bowl, whisk the all-purpose and rye flours, baking powder, baking soda, and salt together.
In the bowl of a stand mixer fitted with the paddle attachment, cream the butter and sugar together at medium high speed until light and fluffy, about 5 minutes.
Add the eggs, one at a time, mixing for 30 seconds after each addition.
Add the vanilla. Use a rubber spatula to scrape down the sides and bottom of the bowl.
Alternate adding the flour mixture and the buttermilk in three additions and mix until just combined. Carefully pour the batter over the rhubarb in the pan and smooth the top.
Tap the pan gently on the counter to remove any air bubbles.
Bake the cake until the top is golden and a cake tester inserted into the center comes out clean, 30 to 35 minutes.
Let the cake cool on a rack for 15 minutes, then carefully invert onto a serving platter.
Remove the parchment paper and reposition any rhubarb that has stuck to the paper.
Serve with whipped cream or ice cream.

    10 comentários :

    1. Respostas
      1. Margarida, é um bolo simples, vais gostar e podes usar adoçante natural :)
        Obrigada eu ♥
        Bjinhoos

        Eliminar
    2. Que maravilha! Cá em casa também adoramos ruibarbo.

      ResponderEliminar
    3. Por acaso encontro ruibarbo fácilmente aqui pro Lisboa, mas o preço... é estúpidamente caro, ao ponto de I can't afford it me sair da boca sempre que a mão se atira a ele para levar. Só por isso nunca provei, mas tenho tanta vontade de!!
      https://bloglairdutemps.blogspot.pt/

      ResponderEliminar
      Respostas
      1. É verdade, o preço é excessivo mas comigo a gulodice fala mais alto :)
        Obrigada ♥
        Bjinhoos

        Eliminar
    4. Patricia, acreditas que ando há imenso tempo para ter a coragem de comprar ruibarbo e enfiar-me literalmente na cozinha a preparar algo com ele. As receitas marcadas são inúmeras, mas a tal coragem desaparece logo quando vejo o preço :) ;). Esta receita, deste livro magnifico, que adoro, também está marcada. Acho que é agora após ver as tuas fotos que me enchem os olhos que me levam a ter a coragem novamente.

      beijinho
      Ana

      ResponderEliminar
    5. Como eu adoro ruibarbo. Só tenho mesmo pena que seja difícil de encontrar e o preço seja proibitivo. É pena que ainda seja tão desconhecido por cá. Quando vou visitar os meus irmãos à Suíça, nos mercados existem aos montes e super barato. Dá vontade de trazer a mala cheia... ehehe :D
      O meu chegou ontem (muito obrigado pela dica) e hoje já fiz a primeira receita. Claro que vou ter de repetir a compota de morango e ruibarbo, que adoro!
      Este bolo deve ser delicioso, também era das receitas que gostava de fazer um dia, aliás todas as receitas daquele livro eu gostava de fazer...LOL
      Um grande beijinho!

      ResponderEliminar
    6. Querida Pierre Hermé,
      Ruibarbo, para mim é fruta e fruta da boa!!
      Este bolo está maravilhoso e lindo demais e como tenho acesso a ruibarbo e do mais biológico possível, não descansarei enquanto não o experimentar e mais, inspirado num livro que tanto adoro é razão acrescida.
      Beijinho linda,
      Lia

      ResponderEliminar
    7. Que bolo lindo, adoro o efeito perfeito com o ruibarbo!
      E do livro encantador de onde vem a receita, gosto mesmo muito.
      Tive como tu ruibarbo durante uns anos plantado, mas não resistiu e este ano pela primeira vez ainda não comi nenhuma sobremesa com este favorito!
      Aqui não se encontra à venda, teria de encomendar. Ou tentar voltar a plantar. Fico com a ideia deste bolo lindo e a imaginar como é bom.
      Um beijinho sweetie.

      ResponderEliminar

    Obrigada pela visita...
    Comentários, dúvidas ou sugestões são sempre bem vindos!