quinta-feira, 20 de abril de 2017

Bolo invertido de espelta e ruibarbo / Rhubarb & spelt upside down cake


O ruibarbo não é propriamente uma fruta mas para mim é como se fosse. Tem aspecto de um vegetal mas o sabor é uma mistura de doce e ácido q.b.. Foi paixão à primeira, o sabor é simplesmente maravilhoso. Cheguei a plantar e tive ruibarbo durante cerca de dois anos mas o calor por aqui no verão é tanto que não resistiu. Este veio de uma quinta e pelo que me disseram é biológico. Fica ótimo em crumbles, tartes, cobblers, clafoutis bolos, iogurtes, compotas. Aqui no blog podem encontrar variadas receitas. 
Demorei a decidir-me e acabei por adaptar ligeiramente uma do fabuloso livro Sweeter Off The Vine da Yossi Arefi. A receita original é com farinha de centeio mas usei farinha de espelta. 
Este bolo fica super macio, aromático e húmido, uma delícia para os sentidos.
Como já sei que me vão perguntar, em Lisboa nesta altura (estamos em plena época) talvez encontrem nos mercados (Ribeira, Príncipe Real, Campo Pequeno) e Sup. Brio ou no Continente.

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Panquecas de espelta e chocolate com morangos // Spelt chocolate pancakes with strawberries


Passo muito do meu tempo a pensar na próxima receita mas gosto deste tempo de reflexão. Passo horas a imaginar combinações diferentes, sobremesas exóticas ou até aquelas mais simples com alguma inovação. A mergulhar nos meus livros favoritos, a passear pelo Instagram ou pelo Pinterest. Penso na fruta que vou usar, nas compras que tenho de fazer. Depois vem a indecisão por uma ou outra receita escolhida. Finalmente quando chega o fim de semana, fico sempre em pulgas para preparar a receita. Coisas de food blogger... espero não ser a única. 
Raramente faço panquecas. No passado fim de semana, pensei em fazer de chocolate pela primeira vez. Imaginei-as assim com chocolate a escorrer e morangos para a acompanhar, gosto muito do contraste de sabores. Estas ficam bem macias, não muito doces. Usei farinha de espelta além de ser melhor, deixa tudo mais macio. As que sobraram, guardei-as numa caixinha e ainda renderam para complementar os lanches do meu pequeno.