quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Rolinhos de pistácio e framboesa com glacé de rosa // Pistachio raspberry rolls with rose glaze



Não é novidade que adoro pistácio. É o meu sabor de eleição quanto a gelados e em tudo o que seja sobremesa como esta galette ou este bolo maravilhoso. 
Na minha última viagem a Paris, uma das paragens obrigatórias era na boulangerie Du Pain et des Idées para  provar os famosos Escargots Pistache Framboise em massa folhada,  só que quando lá cheguei estava fechada para férias. Desde aí pensei em fazer mas com massa brioche, tipo estes cinnamon rolls, que fazem sempre sucesso. Quando lá estive passei também pela loja La Pistacherie (o paraíso) e comprei pasta de pistácio pura italiana que juntei ao creme frangipane. Ficou maravilhoso! 
Que dizer destes rolinhos? Divinos! Também não se poderia esperar outra coisa com estes ingredientes. Optei por fazer os rolos com farinha de espelta e não os deixei dourar no forno para ficarem mais macios.





{Scroll down to english recipe}

ROLINHOS DE PISTÁCIO E FRAMBOESA 
Com glacé de rosa


Massa
75g de manteiga, à temperatura ambiente
45g de açúcar
220ml de leite (pode ser de amêndoa)
1 c. (café) de sal
12g de fermento fresco
400g de farinha (Usei farinha de espelta + trigo)
1 c. chá de pasta de baunilha (ou essência)

Frangipane de pistácio
50g de amêndoa moída
60g de pistácios c/ sal e sem casca 
75g de manteiga, fria
1 c. (sopa) de pasta de pistácio (facultativo)
80g de açúcar 
1 ovo
1 c. de chá de extrato de amêndoa
1 c. de chá de pasta de baunilha

Framboesas
250g de framboesas (congeladas)
2 c. (sopa) de açúcar
1 c. (sopa) de Maizena

Glacé de rosa
1 framboesa (só para dar cor)
1 c. (sopa) de água de rosa alimentar
1 c. (chá) de leite
Açúcar em pó q.b.



MASSA
Aquecer o leite com a manteiga até esta derreter e deixar arrefecer até ficar morno - 37ºC.
Desfazer o fermento no leite e mexer até que se dissolva.
Juntar o açúcar de especiarias, o sal e a baunilha e mexer.
Colocar a mistura do leite num taça alta ou na batedeira, juntar a farinha e amassar até obter uma massa suave, lisa e elástica.
Tapar com um pano e deixar levedar num local abrigado, até dobrar de volume (cerca de 1 a 2h).

FRANGIPANE DE PISTÁCIO
Num processador de alimentos, triturar os pistácios com amêndoa, a maizena e o açúcar. Juntar a manteiga fria aos cubos e misturar até obter uma mistura areada.
Por fim juntar os ovos, o extrato de amêndoa e a baunilha e misturar até ficar homogéneo.
Reservar no frigorífico até usar.

GLACÉ DE ROSA
Misturar numa tacinha os ingredientes, desfazendo bem a framboesa até obter um creme (deverá escorrer mas sem ficar muito líquido).

ROLOS
Forrar 1 tabuleiro com papel vegetal.
Numa taça, misturar a maizena com o açúcar e envolver as framboesas. Reservar.
Colocar a massa na bancada enfarinhada e amassar para retirar o ar. Estender a massa num retângulo com cerca de 50 x 60cm.
Espalhar o creme de pistácio por toda a superfície, espalhar as framboesas por cima e enrolar a massa, selando bem no final.
Usar uma faca com serrilha e cortar rodelas com cerca de 2cm de espessura.
Dispor as rodelas no tabuleiro e polvilhar com açúcar e pistácios moídos
Deixar levedar cerca de 20 minutos.
Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 15 a 20 minutos. Cobrir com folha de alumínio para não dourarem muito, assim ficarão mais fofos.
Servir com o molho.


{Recipe in English}

PISTACHIO RASPBERRY ROLLS
With rose glaze



Dough
75g salted butter, room temperature
45g sugar
220ml milk
12g fresh yeast
400g flour (I used spelt flour + all purpose flour)
1 tsp vanilla paste (or extract)

Pistachio frangipane
50g ground almonds
60g pistachios (I used salted pistachios)
75g butter, cold
1 tsp pistachio paste
80g sugar
1 egg
1 tsp almond extract
1tsp vanilla paste

Raspberry filling
250g raspberries (frozen)
2 tbsp sugar
1 tbsp cornstarch

Rose glaze
1 raspberry (just for color)
1 tbsp rosewater
1 tsp milk
Powdered sugar

DOUGH
In a mixing bowl, sprinkle yeast on top of the milk and mix.
Add the sugar mixture and mix.
Add in the flour. Mix and knead for about 10 minutes, until the dough is smooth and elastic.
Cover and let it rise until doubled in size about 45 - 60 minutes.

PISTACHIO FRANGIPANE
Place the dry pistachios in a food processor, spice grinder or blender and grind them finely.
To make pistachio cream, in a food processor whisk the almond/pistachio with sugar and cornstarch. Incorporate the butter and add eggs one by one, pistachio paste, almond and vanilla extract and mix until smooth.

ROSE GLAZE
To make the glacé icing, mix the sugar with the raspberry, rosewater and milk until form a very thick paste.

ASSEMBLY
Line a 13 x 9 inch baking pan with parchment paper. Set aside.
Combine sugar, cornstarch and raspberries. Set aside.
Punch down the dough and then roll out into a 50 cm by 60 cm rectangle.
Spread the filling on, completely covering the top of the rectangle then top with frozen raspberries.
Roll dough up tightly.
Using a sharp knife, cut roll into equal pieces (2cm).
Place the rolls into prepared pan and sprinkle with more pistachios and sugar.
Cover and let rise for 20 minutes in a warm place.
Meanwhile, preheat the oven to 180ªC.
Bake for 20 minutes or until start golden (I covered with aluminium foil, I prefer them less golden).
Serve with rose glaze.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Tarte flan de pera // Pear custard tart


Ultimamente ando numa de tartes. Gosto especialmente delas porque são perfeitas para saborear a fruta da época e permitem conjugar varios sabores e texturas. Esta é uma receita especial que adaptei da Julia Child. Impossível não amar. O recheio é uma espécie de pudim feito com a calda das peras, aromatizada com baunilha bourbon. A combinação da massa com o pudim e a pera em calda que se desfaz na boca é qualquer coisa de divino. É um vício experimentar receitas novas e

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Pie de ruibarbo, framboesa e mirtilos silvestres com gelado de nata // Rhubarb, raspberry & wild blueberry pie with ice cream



O outono pede tartes com frutos do verão. As tartes vão-se repetindo cá por casa, a base da receita é quase sempre a mesma. O que muda são as formas e as combinações de frutas e sabores. Não há palavras que possam definir ou descrever a delícia que são. Penso que é das sobremesas mais prazerosas de se comer. Além disso fazer tartes é uma terapia. Meter as mãos na massa,

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Bolo de figo, amêndoa e alfarroba // Fig, almond & carob cake



Espero ainda ir a tempo de aproveitarem os últimos figos. O cheirinho a outono chegou de mansinho com as manhãs mais frescas. O calor no entanto aperta ao longo do dia mas nota-se que é um calor diferente. Os dias de praia agora ainda sabem melhor, as praias mais desertas, o mar calmo e a temperatura da água está um caldo, ronda os 23º - 24ºC. 
Sempre detestei figos frescos, fazia-me confusão quando via praticamente toda a minha família a devorá-los avidamente e a suspirar, na maioria das vezes diretamente da árvore. Cá em casa

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Oeufs au lait


Oeufs au lait é um clássico que me lembra a minha infância. É pudim de ovos aromatizado com  baunilha pura mas sem caramelo, normalmente cozinhado em potinhos e em banho-maria. Desde pequena que adoro pudim e agora o meu filho também mas prefere-os ao natural, sem

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Tiramisu vegan // Raw tiramisu


O mês de agosto trouxe uma pausa para férias e uma escapadela até Paris para fugir um pouco da loucura do Algarve nesta altura e poder desfrutar do bom tempo nas ruas da cidade luz. As temperaturas estavam perfeitas, nem frio nem muito calor e as esplanadas estavam cheias e animadas até perto da meia-noite. É a altura perfeita para passear por lá, fazer longas caminhadas ao

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Bolo de queijo creme e baunilha // Lecuine Portugal



Este é um post especial. Desenvolvi esta receita para a Lecuine Portugal, já conhecem? 
É uma loja online onde podem encontrar as maravilhosas formas Nordic Ware como esta que vos apresento - a Blossom, assim como todo o tipo de utensílios de cozinha e pastelaria.
Para mim são as melhores formas do

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Gelado de baunilha (sem máquina) com granola de aveia e frutos vermelhos // No churn vanilla ice cream with berry oat granola



Tempo de gelados é todo o ano mas normalmente só costumo fazer gelados no verão, no resto do ano vou saboreando de vez em quando na geladaria novos sabores.
Se por um lado adoro gelado caseiro, por outro fotografá-lo não é tarefa fácil uma vez que é sempre tudo à pressa. Tenho de preparar tudo antes, idealizar e montar o cenário, escolher os props, esperar que o gelado atinja a

terça-feira, 11 de julho de 2017

Tarte de limão vegan // Raw lemon tart


No verão querem-se receitas frescas, práticas, de preferência sem forno e com as cores da estação.  Esta é a minha primeira tarte vegetal. A base é a mesma dos cheesecakes vegan cá do blog, só muda  o formato e o sabor.
Já vos falei da minha paixão por este tipo de cheesecake ou tarte vegan e volto a repetir que é mesmo viciante, dos meus prazeres favoritos. Além disso é 100% vegetal, com ingredientes saudáveis e super fácil de fazer, basta juntar todos os ingredientes e triturar tudo (num robot de cozinha ou liquidificador), nada mais prático. Só necessita de passar umas horas no

terça-feira, 27 de junho de 2017

Gâteau Basque com doce de cereja // Gâteau Basque with cherry jam


Bem sei que agora só apetece coisas frescas mas não resisti em ligar o forno para experimentar esta especialidade do País Basco, na região dos Pirenéus (Norte de Espanha e Sudoeste de França). O Gâteau Basque é um bolo que tem como como base uma

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Bolo de alperce, amêndoa e sésamo // Apricot, almond and black sesame buckle cake


Bolos com frutas são os meus preferidos. A fruta deixa-os sempre mais húmidos e macios e a combinação de aromas é sempre deliciosa. Adoro alperces ao natural mas quando os vejo penso logo numa tarte ou num bolo suculento. Vi este bolo num

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Bolo de amêndoa, cardamomo e flor de laranjeira com morangos e creme de mascarpone // Almond, orange blossom & cardamom naked cake with strawberries and vanilla mascarpone cream


No início de Maio fui até Paris matar saudades e voltei de coração cheio e a transbordar de inspiração. Como a minha viagem coincidiu com o aniversário da minha mãe, festejámos a dobrar no domingo seguinte, no Dia da Mãe.
As flores em maio abundam e

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Cheesecake vegan de baunilha, coco e mirtilos // Blueberry vanilla coconut raw cheesecake



Tenho uma obsessão por estes cheesecakes vegan ou crus, já fiz várias versões todas elas maravilhosas. Chamam-lhe cheesecake mas é só pelo aspecto porque não leva qualquer tipo de queijo ou produto de origem animal. Mas não sou só eu que estou viciada, quem prova diz

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Cheesecake streusel de aveia e frutos silvestres // Berry oat streusel cheesecake



O jardim cá de casa está ao rubro. Uma explosão de rosas de cores variadas sobressaem no meio do verde das plantas e não resisto a uma sessão fotográfica com este enquadramento.  O perfume das rosas mistura-se com o das flores de laranjeira e resulta numa

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Bolo invertido de espelta e ruibarbo / Rhubarb & spelt upside down cake


O ruibarbo não é propriamente uma fruta mas para mim é como se fosse. Tem aspecto de um vegetal mas o sabor é uma mistura de doce e ácido q.b.. Foi paixão à primeira, o sabor é simplesmente maravilhoso. Cheguei a plantar e tive ruibarbo durante cerca de dois anos mas o calor por aqui no verão é tanto que não resistiu. Este veio de uma quinta e pelo que me disseram é biológico. Fica ótimo em crumbles, tartes, cobblers, clafoutis bolos, iogurtes, compotas. Aqui no blog podem encontrar variadas receitas. 
Demorei a decidir-me e acabei por adaptar ligeiramente uma do fabuloso livro Sweeter Off The Vine da Yossi Arefi. A receita original é com farinha de centeio mas usei farinha de espelta. 
Este bolo fica super macio, aromático e húmido, uma delícia para os sentidos.
Como já sei que me vão perguntar, em Lisboa nesta altura (estamos em plena época) talvez encontrem nos mercados (Ribeira, Príncipe Real, Campo Pequeno) e Sup. Brio ou no Continente.

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Panquecas de espelta e chocolate com morangos // Spelt chocolate pancakes with strawberries


Passo muito do meu tempo a pensar na próxima receita mas gosto deste tempo de reflexão. Passo horas a imaginar combinações diferentes, sobremesas exóticas ou até aquelas mais simples com alguma inovação. A mergulhar nos meus livros favoritos, a passear pelo Instagram ou pelo Pinterest. Penso na fruta que vou usar, nas compras que tenho de fazer. Depois vem a indecisão por uma ou outra receita escolhida. Finalmente quando chega o fim de semana, fico sempre em pulgas para preparar a receita. Coisas de food blogger... espero não ser a única. 
Raramente faço panquecas. No passado fim de semana, pensei em fazer de chocolate pela primeira vez. Imaginei-as assim com chocolate a escorrer e morangos para a acompanhar, gosto muito do contraste de sabores. Estas ficam bem macias, não muito doces. Usei farinha de espelta além de ser melhor, deixa tudo mais macio. As que sobraram, guardei-as numa caixinha e ainda renderam para complementar os lanches do meu pequeno.

sexta-feira, 31 de março de 2017

Bolo Bundt de Cardamomo e Rosa // Cardamom & Rose Bundt Cake


Tenho uma paixão por esta forma e cada vez que penso em fazer um bolo é a primeira da fila. 
Da primeira vez foi em tons de verde e agora em tons de rosa e com os melhores aromas de sempre. Durante muito tempo hesitei em provar o cardamomo. Cada vez que cheirava o frasco achava que tinha um cheiro muito intenso e não me atrevia a usá-lo, tinha receio que ficasse muito concentrado. Um dia lá me decidi e usei-o para aromatizar um bolo de cereja e fiquei completamente rendida. Desde aí tenho-o usado em variadas receitas e até preparei um açúcar aromatizado que guardo num frasco composto por açúcar amarelo, cardamomo, um pouco de canela e uma vagem de baunilha, tudo triturado.

sexta-feira, 24 de março de 2017

Aveia no forno com banana, mirtilos e noz pecã // Banana, blueberry pecan baked oatmeal



Gosto imenso de aveia quer seja em pão, bolos, crumbles, granola  e sobretudo em papas. Quando vi esta receita no Pinterest, fiquei com água na boca e tive logo de experimentar. Chama-se aveia no forno mas pode perfeitamente ser servido como sendo um bolo.
É uma receita rápida, super saudável, sem glúten, sem lactose, sem açúcar refinado, para comer sem culpas, perfeita para o pequeno almoço,  lanche ou até sobremesa.  Pode ser saboreado morno ou frio e conserva-se no frigorífico por uma semana. De manhã é só tirar uma fatia e se preferirem morno podem aquecer uns segundos no microondas.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Tartes merengadas de sésamo preto e morango // Black sesame & strawberry meringue tarts



Está aberta a época das tartes e dos morangos aqui no blog! 
Quando penso em tartes, surgem na minha mente imensas combinações de cores e sabores. Desta vez pensei primeiro nas cores, no rosa que tanto adoro a contrastar com o cinza. Desde que experimentei o sésamo preto tenho-o utilizado em várias receitas. Além de ser uma grande fonte de minerais, proteína e vitaminas, dá cor e um sabor parecido a amêndoa/noz às massas. Fica maravilhoso em bolachas, crumbles, bases de tartes, assim como em saladas ou outros pratos. Para rechear optei por um

quarta-feira, 8 de março de 2017

Bolo de amêndoa com curd de framboesa e cobertura de mascarpone // Almond raspberry curd cake with mascarpone frosting



Já vos disse que adoro fazer bolos de camadas e decorá-los e volto a repeti-lo. As flores são quase sempre o mote e na primavera assim que começam a florescer fico logo a imaginar bolos e mil e uma decorações surgem na minha mente. Geralmente faço quando há um aniversário mas desta vez foi simplesmente a sobremesa para

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Madeleines (da Ladurée)



Gosto muito de madalenas. Quem não gosta? A forma original delas lembra-me também a minha infância. Amanteigadas, bem vincadas e com uma "bossa" bem alta no meio. Aqui no blog só há uma receita, além desta. Não tenho feito porque só tinha uma forma e a massa rende bastante, por isso é necessário pelo menos 3 tabuleiros, é mais prático. Andava à procura há imenso tempo de umas formas destas em ferro, vintage e acabei por encontrá-las. Tenho uma paixão por formas antigas, imagino-as todas penduradas a decorar a cozinha. E estas são mesmo lindas!
Para começar pensei em fazer a receita do Livro Ladurée Sucré. A massa deve ser

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Brioches


No passado fim de semana com o tempo de chuva que não dava tréguas, apeteceu-me fazer uma fornada de brioches. Depois de organizar o armário das mil e uma formas, descobri que tinha ainda algumas por estrear e logo me veio à mente um tabuleiro cheio de brioches de vários feitios e tamanhos, bem douradas e com aquele brilho especial, tal como me lembra de ver nas boulangeries da

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Bolo Ispahan, de amêndoa e rosa com líchias e framboesas // Ispahan Cake, almond and rosewater loaf with lychees and raspberries


Para o São Valentim pensei em algo simples, com sabores exóticos e com um toque de love. 
A combinação de sabores já tinha experimentado neste Cheesecake que fiz inspirada numa criação do Pierre Hermé, o Ispahan - um macaron que combina três maravilhosos sabores - Líchia, rosa e framboesa, e na altura fiquei completamente rendida. 
Este é um bolo perfumado com amêndoa e rosa recheado com pedaços de líchias, framboesas e coberto com uma camada

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Pains au Chocolat


Pains au Chocolat é mais do que um simples nome para mim. Tem sabor a infância e a memórias felizes na minha terra natal e do coração. Agora é o meu filho que adora.
É principalmente nesta altura do ano que mais vontade tenho de fazer brioches, massas folhadas, tudo o que é massa lêveda. Para fazer a massa folhada é a altura ideal porque com a temperatura mais baixa, torna-se mais fácil manusear a

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Bolos de chocolate, amêndoa e sésamo preto // Chocolate, almond & black sesame bundts



O frio pede receitas mais ricas e de preferência achocolatadas. Esta foi a gulodice do passado fim de semana, tinha estas forminhas por estrear e pensei em fazer uns mini-bundts de chocolate. Para ficarem com uma textura mais húmida, juntei

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Bolo de sésamo preto e tangerina // Black sesame & tangerine bundt cake


Hoje o dia amanheceu gelado. Não me lembro de ter sentido tanto frio por cá. Até caíram flocos de neve, foi tão giro. Pena que derretiam logo. Os últimos dias têm sido ensolarados, de céu bem azul, já parece

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Bolo naked de amêndoa e ovos moles // Almond & egg cream rosette naked cake



Este foi o meu bolo de aniversário e era para ter sido publicado em dezembro mas com os posts do Natal acabei por adiar. Foi assim que o imaginei decorado, depois de me inspirar durante horas e horas

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Galette des Rois de pistácio e framboesa // Pistachio raspberry Galette des Rois


Depois de umas festas doces, calmas e quentinhas com direito a uma escapadinha que soube mesmo bem, venho dar as boas vindas a 2017 com esta Galette des Rois. Não sou apreciadora do tradicional Bolo Rei, nem de frutas cristalizadas. O Bolo Rei para mim é o clássico francês. Lembro-me tão bem da loucura que era na minha infância, cortar fatia