quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Macarons de mirtilo e chocolate branco

copy013

Mais uns macarons, desta vez em tons de lilás, de mirtilo e chocolate branco. São tão viciantes, tanto de fazer como de comer e tenho mil e umas combinações em mente para experimentar. Conservo-os numa caixa
hermética no frigorífico e todos os dias como um (ou dois)  com meu café matinal. Estes foram recheados com um pouquinho de compota de mirtilo caseira no meio e ganache de mirtilo por cima. De bradar aos céus!  Não há fotos do interior porque ainda não estavam no ponto, fotografei-os logo. Convém sempre saboreá-los só a partir do dia seguinte.

copy017copy019

Macarons de mirtilo e chocolate branco
 
GANACHE DE CHOCOLATE BRANCO E  MIRTILO  
♥  200g de chocolate branco de boa qualidade 
♥  150ml de natas p/ bater
♥  125g de mirtilo

(Preparar de preferência na véspera )
Triturar os mirtilos com uma colher de sopa de água e levar ao lume num tachinho. Assim que o molho ganhar uma cor viva, retirar do lume e reservar cerca de 50g de coulis numa taça. Levar o restante novamente ao lume e juntar açúcar a gosto até obter uma compota. Reservar.
Levar as natas ao lume até começar a ferver. Fora do lume, juntar o chocolate partido, esperar um minuto e misturar com uma vara de arames até ficar homogéneo. Juntar os 50g de coulis de mirtilo e misturar bem. Reservar tapado, no frigorífico 3h no mínimo ou a noite toda de preferência. No dia seguinte, bater a ganache (bem fria) até obter um chantilly firme e reservar no frigorífico até usar.
 
MACARONS
(método merengue francês)
Para cerca de 25 macarons : 
♥  80g de amêndoa moída
♥  80g de açúcar em pó (icing sugar)
♥  70g de claras de ovos, separadas, à temperatura ambiente (aprox. 2)
♥  90g de açúcar branco
♥  Corante violeta (em gel)
 
Num robot de cozinha ou no copo da Bimby, juntar o açúcar em pó e a farinha de amêndoa e pulverizar uns segundos. Peneirar esta mistura e reservar.
Pesar as claras. Aconselham a utilizar claras envelhecidas, isto é, separadas das gemas e guardadas no frigorífico uns 4 ou 5 dias antes da confecção. Costumo congelar claras e quando necessito descongelo 2 ou 3 dias antes e reservo-as no frigorífico.
Colocar as claras numa taça e começar a bater na vel. média. Quando começar a formar espuma juntar metade do açúcar (45g) e continuar a bater (Bimby: com a borboleta e na vel. 3.5). Assim que o merengue formar bicos de papagaio juntar o restante açúcar e bater na velocidade máxima (carca de 10 minutos) ou até já não sentir o açúcar (ao esfregar um pouco com os dedos). Adicionar o corante a gosto e bater uns segundos até ficar homogéneo.
Incorporar a mistura de amêndoa no merengue e envolver delicadamente, com a ajuda de uma espátula de silicone, fazendo movimentos de baixo para cima, de forma a não partir as claras e não perder muito ar, até obter um crème homogéneo e brilhante.
Preparar um saco de pasteleiro com uma boquilha redonda com cerca de 1cm de diâmetro. Para facilitar e para que as conchas fiquem regulares e redondas, imprimir esta minuta e colocar por baixo do papel vegetal, em cima de um tabuleiro de forno. Com o saco pasteleiro perpendicular ao tabuleiro, apontar o bico no centro do círculo e pressionar até preencher o círculo. (desta maneira sairão redondas salvo se a massa estiver demasiado fluída, neste caso tenderá a expandir-se). Provavelmente formar-se-á um pequeno bico que desaparecerá em segundos. Ao terminar, bater com o tabuleiro na bancada duas ou três vezes para ficarem lisos.
Deixar repousar cerca de 1 hora num local seco, se possível noutra divisão da casa (nada de lavar a loiça com os macarons por perto). É muito importante deixar repousar, visto que durante esse tempo se formará uma capa seca ao toque e ajudará a formar a característica crostinha na base do macaron durante a cozedura.
Entretanto pré-aquecer o forno a 150ºC meia hora antes. Tocar os macarons e verificar se a superfície já não cola. Retirar a minuta com cuidado. Colocar o tabuleiro no meio do forno  a 140ºC e cozer cerca de 15 minutos. Este processo depende muito do forno de cada um*. Não deverá deixar dourar os macarons, estes deverão formar uma concha lisa e firme ao toque, o interior deverá ficar macio e húmido.
Retirar do forno, deixar arrefecer uns segundos e com o dedo pressionar a base de cada concha delicadamente para formar uma covinha. Poderá guardar numa caixa em metal se não os rechear no próprio dia. Colocar uma colher de café de doce de mirtilo na covinha de uma das conchas. Com o saco pasteleiro, rechear com a ganache por cima e tapar com a outra concha.
Conservam-se numa caixa hermética no frigorífico. Deverão ser consumidos, de preferência após 24h, à temperatura ambiente.
*A temperatura do forno é a parte mais complicada, e depende muito de cada forno. Recomendo uma temperatura mais baixa (130º a 140ºC)  para macarons de cor clara, e uma temperatura mais alta para macarons de cor escura (150ºC). O ideal será ir testando várias vezes e anotar os resultados até acertar a temperatura e o tempo ideal. O mais importante é não desistir!

copy025copy032copy033copy038copy049copy050


















20 comentários :

  1. que bonitos mesmo, simplesmente perfeitos :)


    www.ocantinhodosgulosos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Lindos! Maravilhosos! Que mais dizer?
    Perfeitos!
    bjinho

    ResponderEliminar
  3. Fico sempre pasmada com os teus macarons. Estão perfeitos. E adoro a suavidade das fotos, expressão de tão bom gosto na combinação de todos os pormenores. Parabéns mais uma vez por estes magníficos macarons.

    beijinhos
    patrícia

    ResponderEliminar
  4. Que lindos, e que fotos fantásticas!

    http://deaprendizachef.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Estão absolutamente magníficos Patricia.
    Lindos e perfeitos e com mirtilos, só podem ser mesmo de bradar aos céus!!
    Um beijinho Pierre Hermé do Algarve :))).
    Lia

    ResponderEliminar
  6. Uau!!! Que aspecto apetitoso!!! Ficaram mais que perfeitos! Adorei as cores suaves, as fotos tão elegantes, adorei tudo!!!

    Beijinhos ;)

    ResponderEliminar
  7. Lindos e maravilhosos. Se por um lado dá vontade de comê-los todos por outro lado até dá pena devorá-los por estarem tão bonitos e perfeitos! Se fosse um concurso, com esses macarons deixavas um chefe pasteleiro em último lugar!

    ResponderEliminar
  8. Que os teus macarons costumam ficar perfeitos, toda a gente sabe. Mas estes!Aquele recheio em relevo, toda a decoração em jogar com os tons, magnífico!!

    ResponderEliminar
  9. Simplesmente perfeitos! :) Adorei a cor e imagino o sabor!
    -
    Diogo Marques
    Blog: A culpa é das bolachas! | Facebook | Instagram
    -

    ResponderEliminar
  10. Olá..
    Voltei recentemente aos meus cantinhos e gostava que se possivel os visitasses e partilhasses. Foi remodelado e traz novidades que penso puderem te agradar.

    Não custa muito e eu agradeço-te mil vezes, eheh.

    http://lilianasstudio.blogspot.pt
    Num estudio em Odivelas/ Lisboa

    Que blog no minimo deliciosoooo ^_^ Yamiii

    Beijinhos ^_^

    ResponderEliminar
  11. Ficaram encantadores, até dá pena comer, de tão lindos e mimosos que são, mas por outro lado os sabores escolhidos devem fazer uma junção viciante e difícil de resistir.
    Parabéns pelo excelente trabalho, as suas publicações deixam-me sempre encantada!

    Beijinhos
    Joana

    ResponderEliminar
  12. Que delícia! Essas pequenas pérolas ficaram absolutamente perfeitas e lindas, e as tuas fotos, uau! Perfeita e lindas, também!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Estou... vidrada... e sem palavras!!!
    Que magnificência!!! Esplendorosos :-)
    AMEI... lindos!
    Beijitos
    C

    ResponderEliminar
  14. Como me gustan los macarrons! te han quedado perfectos! que maravilla! como todo lo que estoy viendo por tu blog, me encanta! bicos

    ResponderEliminar
  15. Patrícia, verdadeiramente encantadores!
    Adoro os tons sauves em lilás e adoro mirtilos, é sempre um prazer por aqui passar.
    Comia já uns quatro de seguida :) maravilha!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  16. Que lindos, estou encantada com a perfeição, estão mesmo um sonho, parabéns.
    Uma delicia e com cores tão lindas, um encanto.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  17. São das coisinhas mais lindas que já vi. A receita está muito bem explicada,mas é preciso ser artista para os confecionar. Parabéns.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  18. Realmente não há palavras para a tua arte, és única! Espero um dia poder rumar ao algarve e provar uma das tuas obras de arte... ou então mandas-me pelos ctt, pode ser? :) um beijo

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita...
Comentários, dúvidas ou sugestões são sempre bem vindos!