Crème caramel

copy006

Há dias que me apetece um doce e não descanso enquanto não o fizer. Andava com saudades deste clássico francês, o crème caramel, há tempos que não fazia. Adoro pudins de todo o género, é da minhas sobremesas favoritas. Este tem a particularidade de ter sido feito com redução do leite para ficar com um sabor mais rico. Fica consistente e ao mesmo tempo com uma textura cremosa. Utilizei leite fresco e ovos caseiros para obter melhor resultado. Cada colherada é puro prazer.

copy010copy022

 

Crème caramel

Para 8 a 10 forminhas

  • 1l de leite do dia (fresco, gordo ou meio gordo)
  • 100g de açúcar amarelo
  • 1 vagem de baunilha (ou 1 c.c. de pasta de baunilha)
  • 3 ovos caseiros (bio)
  • 3 gemas caseiras (bio)

Caramelo

  • 200g de açúcar branco
  • 1 c. (sopa) de água
  • umas gotas de sumo de limão

 

{Caramelo}

  1. Colocar o açúcar, o sumo de limão e a água num tacho com fundo espesso. Levar ao lume, sem mexer até atingir o ponto caramelo dourado.
  2. Retirar do lume e juntar 2 a 3 colheres de sopa de água quente no caramelo de forma a diluí-lo (cuidado com os salpicos).
  3. Distribuir o caramelo quente nas formas e espalhar por toda a superfície.

{Crème}

    Modo tradicional:

  1. Colocar o leite ao lume com a vagem de baunilha aberta e raspada. Quando começar a ferver, baixar o lume e deixar o leite reduzir durante uns 10 a 15 minutos. Retirar a vagem e reservar.
  2. Entretanto bater os ovos, as gemas e o açúcar até esbranquiçar.
  3. Verter o leite quente sobre o creme de ovos mexendo vigorosamente até ficar homogéneo. Caso tenha espuma, retirar com uma escumadeira.
  4. Distribuir o preparado pelos copinhos e colocá-los num tabuleiro em banho-maria (com água quente até meio das formas).
  5. Colocar no forno pré-aquecido a 120ºC cerca de 1h ou até ficarem firmes. (Deixar arrefecer no forno).
  6. Colocar no frigorífico e desenformar no dia seguinte, passando a ponta de uma faca à volta de forma a soltar o caramelo.

     Thermomix-Bimby:

  1. Colocar o leite no copo com a vagem de baunilha aberta e raspada. Programar 8min/100º/vel1. A seguir programar mais 15min/90º/vel.1 e retirar o copinho (de forma a reduzir o leite). Retirar a vagem e reservar num recipiente.
  2. Colocar a “borboleta” no copo, os ovos, as gemas e o açúcar até esbranquiçar e programar 5min/vel4. Verter o leite bem quente pelo bocal, com a vel. 3 ligada, durante uns segundos até ficar homogéneo.
  3. Retirar a espuma que se forma com uma escumadeira.
  4. Distribuir o preparado pelos copinhos e colocá-los num tabuleiro em banho-maria (com água quente até meio das formas).
  5. Colocar no forno pré-aquecido a 120ºC cerca de 1h ou até ficarem firmes. (Deixar arrefecer no forno).
  6. Colocar no frigorífico e desenformar no dia seguinte, passando a ponta de uma faca à volta de forma a soltar o caramelo.

 

copy030copy036copy038copy041copy054

10 comentários :

  1. tem um aspecto maravilhoso!
    Beijinho,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Ficou com um aspeto delicioso! Eu adoro pudins, e sei que esse era mesmo à minha medida!

    Bjs,
    Amélia
    www.noleftovers.pt

    ResponderEliminar
  3. Te puedes creer que con lo que me gusta, nunca lo he preparado yo en casa? Y tu receta tiene una pinta absolutamente deliciosa, Patricia....
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito de pudins e este tenho a certeza que ia adorar
    Bom fim de semana
    bjs

    ResponderEliminar
  5. Se por acaso houvesse uns pudins desses no meu frigorifico eu também não me aguentava muito sem ir dar conta de um....Ficaram lindos e com ovinhos caseiros ainda melhor!
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  6. Olá Patricia!
    E o que eu dava por uma colherada de puro prazer como esse?!
    Estão tão lindos e irresistíveis esses pudinzinhos de créme caramel que fiquei com imensa vontade de experimentar. Pudins não é bem a minha praia, mas adoro comer, adoro o sabor e a textura.
    Palavras para quê? Lindos e deliciosos. ;)
    Beijinho e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  7. Eu é raro fazer pudins, nem sei bem o porquê, já que adoro comer :) nem todos é verdade, mas a maioria.
    E estes são uns que adoro, pela suavidade e cremosidade. Lindos!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito desta receita, normalmente vejo receitas de pudins com muitos ovos e acabo por não os fazer. Deve ser mesmo divinal, não fosse eu uma amante de caramelo. beijo

    ResponderEliminar
  9. Hoje será o dia em que vão sair estes lá em casa... sobremesa para o jantar de amanhã!!! Beijinhos, Titá Negrão

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita...
Comentários, dúvidas ou sugestões são sempre bem vindos!