Fevereiro 27, 2013

Bolo de clementina invertido

Numa recente ida ao Algarve, voltei carregada de clementinas e não só, da horta dos meus pais. Sabe tão bem, frutas saudáveis, biológicas cheias de aroma e sabor. Lembrei-me logo do bolo de laranja inteira que é sempre um sucesso cá em casa. Só que desta vez, imaginei-o encharcado de clementinas e o resultado foi este. O aroma é delicioso, a fruta laminada na cobertura fica macia e adocicada. No final rega-se com mais sumo para ficar molhado.

Bolo de clementina invertido

    Bolo:

  • 3 clementinas de casca fina
  • Sumo de 2 clementinas
  • 180g de açúcar amarelo
  • 50g de azeite (usei de óleo de pistácio)
  • 1 iogurte natural
  • 4 ovos
  • 300g de farinha
  • 2 c. (chá) de fermento em pó
  • Essência de baunilha q.b.

    Base da forma:

  • 3 a 4 clementinas, laminadas
  • 3 c. (sopa) de açúcar amarelo

    

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar uma forma com cerca de 22cm, com manteiga e forrar o fundo com papel vegetal. Polvilhar o fundo com as 3 colheres de sopa de açúcar. Cortar as clementinas em lâminas fininhas, retirar os caroços e distribuí-las no fundo da forma.


Thermomix-Bimby: Coloque no copo as clementinas (aos bocados, com casca e sem caroços) com o sumo de clementina e programe 15 Seg/Vel 9. Junte o açúcar, o óleo, o iogurte, os ovos e programe 3min/37º/Vel 4. Adicione a farinha, o fermento, a essência e programe 15 Seg/ Vel 3.


Tradicional: Pré-aqueça o forno a 180º. Raspe as clementinas e reserve as raspas. Bata a polpa das clementinas e o sumo no liquidificador. Colocar o néctar obtido numa tigela e juntar o açúcar, os ovos e bater com a batedeira durante 5 minutos. Adicionar as raspas, o óleo, o iogurte e bater novamente. Juntar a farinha, o fermento, a essência e envolver bem.

Deitar a massa a massa por cima das clementinas com cuidado. Levar ao forno cerca de 40 minutos. Deixar arrefecer um pouco antes de desenformar. Regar o bolo com sumo de laranja.

 

 

 

 

Fevereiro 23, 2013

Cookies de framboesa/clementina com sementes de papoila

Há dias frios e cinzentos em que apetece fazer bolachas, deixar a casa toda perfumada… e nada têm a ver com as de compra.  Tenho tantas receitas para experimentar mas como tinha clementinas e framboesas optei por fazer com esses sabores. Podem usar esta receita base e juntar o que mais gostarem. Estas bolachas ficam ótimas, são viciantes e bem crocantes visto terem uma mistura de farinhas, incluindo farinha de arroz e sementes de papoila que lhes conferem uma textura bem estaladiça. Uso sempre manteiga de boa qualidade e sem sal. Não sei qual delas a melhor, amei as de framboesa, a cor e a combinação dos sabores. As de clementina não lhe ficam nada atrás.

Cookies de framboesa/clementina com sementes de papoila

Adaptada do livro “Le Grand Livre Marabout de la pâtisserie facile”

  • 250g de manteiga
  • 200g de açúcar em pó
  • 1 c. (sopa) bem cheia de açúcar baunilhado
  • 320g de farinha T65
  • 75g de farinha de arroz
  • 50g de amido de milho (Maizena)
  • 2 c. (sopa) de sementes de papoila
  • 2 c. (sopa) de leite
  • 1/2 c. (sopa) de raspa de clementina
  • 7 a 8 framboesas, congeladas

 

Misturar e peneirar as farinhas e as sementes.

Thermomix-Bimby: Pulverizar o açúcar uns segundos na vel. 9/10. Colocar a manteiga, os açúcares e bater 30seg/vel.3. Juntar as farinhas e as sementes de papoila e amassar 30 seg/vel. espiga. Adicionar o leite e amassar mais uns segundos. Retirar metade da massa e reservar numa tigela. Juntar as framboesas à massa que ficou no copo e amassar uns segundos até ficar incorporado. (Se a massa estiver mole acrescente um pouco de farinha). Retirar para outro recipiente. Juntar as raspas de clementina à outra metade reservada e amassar manualmente até ficarem bem incorporadas.

Tradicional: Bater a manteiga até que fique cremosa. Juntar o açúcar em pó, açúcar baunilhado e continuar batendo até que fique bem integrado. Juntar as farinhas, as sementes e o leite, gradualmente e amassar até obter uma massa lisa. Dividir a massa em 2. A uma delas, juntar as framboesas desfeitas e amassar até obter uma cor homogénea. À outra, juntar as raspas de clementina e amassar até ficarem bem incorporadas.

Formar 2 bolas e 2 rolos, um de clementina e outro de framboesa. Embrulhar em película aderente e colocar no frigorífico no mínimo 1 hora. (Coloquei uns minutos no congelador).

Passado esse tempo, cortar as bolachas com cerca de 1cm de espessura. Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal deixando um espaço entre as mesmas. Colocar no forno pré-aquecido a 160ºC, durante 20 minutos ou até que fiquem ligeiramente douradas na base. Retirar do forno, deixar arrefecer no tabuleiro 10 minutos entes de transferi-las para uma grelha, para que esfriem totalmente.

Nota: Com esta quantidade serão necessários 2 ou 3 tabuleiros.

 

 

 

 

 

Fevereiro 19, 2013

Iogurte de gomas de morango

A pensar na pequenada, trago-vos uma receita que os irá agradar imenso. Claro que são tão bons que mesmo os adultos não resistirão :) A cor é apaixonante, o sabor fica igual, um pouco menos acentuado e ficam com uma cremosidade única. O meu adorou! As gomas, optei por umas que se chamam morangos.

Iogurte de gomas de morango

    Para 7 a 8 iogurtes

  • 900ml de leite meio-gordo
  • 150g de gomas de morango
  • 2 c. (sopa) de leite em pó
  • 1 c. (sopa) de açúcar
  • 1 iogurte natural

Thermomix-Bimby: No copo colocar o leite, as gomas, o leite em pó e o açúcar e misturar na 15seg/vel 3. Programar 9min/90º/vel.3. Misturar 15 seg/Vel. 3. Deixar arrefecer. Quando estiver morno, juntar o iogurte natural e misturar novamente uns segundos na vel. 3.

Tradicional: Num tacho, colocar o leite, o leite em pó, o açúcar e as gomas. Levar a lume brando, mexendo sempre até as gomas derreterem. Não deixar ferver. Deixar arrefecer e quando estiver morno, juntar o iogurte natural e misturar com o fouet até ficar bem integrado.

Distribuir pelos copos e levar à iogurteira cerca de 10 horas. No final do tempo colocar as tampas e reservar no frigorífico pelo menos 4 horas antes de consumir. Caso não tenha iogurteira, deverá abafar bem os copos com uma manta polar, dentro do forno previamente aquecido a 50ºC, cerca de 12 horas.

 

 

 

 

 

 

Fevereiro 15, 2013

Pão de leite extra fofo – Método asiático «gelatinized Dough»

Ao encontrar esta receita num blog favorito - Alter Gusto, fiquei com imensa vontade de experimentar. Adoro testar novas versões de pão de leite ou brioche. E realmente esta parece-me das melhores que já fiz. O resultado é excelente, o pão fica mesmo fofo, macio, delicioso e é muito difícil resistir. Pelo que li, deve-se ao facto de se preparar cerca de 12 a 48h antes, uma massa gelatinizada que é muito simples e que será adicionada depois à massa do pão. Além disso, esta receita requer um amassar mais longo. Ficou tão bom que desapareceu todo num lanche e foi servido com manteiga e doce de morango.

Pão de leite extra fofo – Método asiático «gelatinized dough»

Adaptado do site Alter Gusto

Gelatinized dough

  • 50g de farinha T55
  • 40g de água de nascente, a ferver

Pão de leite

  • 240g de farinha T55
  • 40g de açúcar amarelo
  • 1 c. (café) de sal
  • 10g de leite em pó
  • 5g de fermento de padeiro
  • 1 gema de ovo
  • 120g de leite
  • 30g de manteiga amolecida
  • 1 c. (sobremesa) de água de flor de laranjeira
  • Gema de ovo para pincelar

 

 

Nesta receita é muito importante o tempo de amassar. Para saber se a massa está suficientemente amassada, terá de fazer um teste: tirar um bocadito de massa e esticar delicadamente a mesma. Se obtiver uma membrana elástica, fina e transparente, a massa está no ponto. Caso contrário continue a amassar.

12 a 48h antes:

Preparar a massa gelatinizada: Num recipiente, misturar cuidadosamente a farinha e a água a ferver. Formar uma bola, envolver em película aderente, deixar arrefecer e reservar no frigorífico no mínimo 12h até 48h. (Deixei 24h).

12h a 48h depois:

Forrar uma forma de cake de 24 x 11 cm, com papel vegetal.

Máquina de fazer pão: Colocar na cuba, o leite, o fermento desfeito, o leite em pó, a gema, o açúcar e a água de flor de laranjeira. Espalhar a farinha e o sal por cima. Selecionar o programa “Massa”. Passado 2 minutos, introduzir na cuba a massa gelatinizada. Quando se formar uma bola, juntar a manteiga aos bocados e deixar amassar até ao final do programa. Deixar levedar 1h dentro da cuba  ou até dobrar de volume.

Thermomix - Bimby: Colocar no copo o leite, o açúcar, o fermento, a gema, o leite em pó e a água de flor de laranjeira e programe 20seg/Vel 2. De seguida adicione a farinha, o sal e programe 2min/Vel espiga. Juntar a massa gelatinizada e programar 5min/Vel espiga. Juntar a manteiga e programar 6min/Vel espiga (Se necessário juntar mais um pouco de farinha). Formar uma bola e reservar num recipiente tapado cerca de 1h ou até dobrar de volume.

Tradicional: Num recipiente, misturar bem o leite, o fermento desfeito, o leite em pó, a gema, o açúcar e a água da flor de laranjeira. Espalhar a farinha e o sal por cima. Misturar com uma colher de pau e amassar bem manualmente. Juntar a massa gelatinizada e amassar bem, durante 5 minutos até conseguir formar uma bola. Juntar a manteiga aos poucos e amassar até ficar completamente integrada e obter uma bola lisa (não pegajenta). Deixar a massa levedar 1h ou até dobrar de volume, tapada num local abrigado.

Colocar a massa na bancada, amassar um pouco de forma a retirar-lhe o ar, dividi-la em 4 partes iguais. Estender cada parte em forma oval, dobrar uma ponta até ao meio e dobrar a outra por cima. Estender novamente e enrolar de forma a obter um rolinho. Proceder da mesma forma com as outras partes.(Pode ver as etapas aqui).Colocar os quatro rolinhos dentro da forma e deixar levedar mais 1hora. 15 minutos antes, ligar o forno a 180ºC, colocando um recipiente com água na base do forno. Pincelar com gema de ovo e levar ao forno durante cerca de 35 a 40 minutos (fazer teste do palito).

 

 

 

 

Fevereiro 13, 2013

Creme de aveia

Esta é a sobremesa ou refeição rápida mais frequente aqui em casa. Um delicioso creme de aveia aromatizado com mel, limão, canela, baunilha e tonka. Perfeito para os dias frios, para um pequeno-almoço ou mesmo um jantar pois é muito saciante e aconchegante, além de ter inúmeras propriedades. Fica bastante cremoso e aromático. É também uma ótima sugestão para os mais pequenos.

 

Creme de aveia

 

  • 1 l de leite meio-gordo
  • 8 c. (sopa) bem cheias de flocos de aveia finos (integral, biológica)
  • 3 c. (sopa) de açúcar amarelo
  • 1 c. (sopa) de açúcar aromatizado com baunilha e tonka*
  • 1 c. (sopa) de mel
  • 1 pau de canela
  • 1 casca de limão
  • 1 pitada de sal grosso
  • Canela para polvilhar

 

Thermomix-Bimby: Colocar todos os ingredientes no copo e programar 20min/90ºC/Vel. 3 inversa. Quando engrossar um pouco e ficar cremoso está pronto. Retirar o pau de canela e a casca de limão e distribuir em taças. Deixar arrefecer um pouco e servir ainda morno ou frio, com canela. Se gostar de um creme mais liso, poderá triturar uns segundos na Vel.7 depois de retirar a casca de limão e o pau de canela.

Tradicional: Colocar todos os ingredientes numa panela e levar ao lume, mexendo sempre com uma vara de arames. Quando levantar fervura, baixar o lume e cozinhar por mais 15 a 20 minutos, mexendo frequentemente com a vara de arames. Quando engrossar um pouco e ficar cremoso está pronto. Retirar o pau de canela e a casca de limão e distribuir em taças. Deixar arrefecer um pouco e servir ainda morno ou frio, com canela.

 

 

 

 

 

Fevereiro 06, 2013

Cupcakes de coco e framboesa

Como sugestão para o S. Valentim, trago-vos uma receita doce e romântica. Uns cupcakes em forma de rosa. O buttercream fica delicioso, fiquei surpreendida visto que foi a primeira vez que experimentei. Embora possa parecer que não, a framboesa corta completamente o sabor da manteiga e os sabores combinam na perfeição. É uma cobertura ideal para usar em ocasiões festivas e é muito fácil de trabalhar. Optei por fazer uns cupcakes bem compactos e húmidos e para isso não coloquei fermento. No entanto se os preferirem mais fofos, podem adicionar um pouco de fermento.

Cupcakes de coco e framboesa

   Cupcake

  • 100g de manteiga amolecida
  • 125g de açúcar
  • 1 c. (sopa) de açúcar baunilhado
  • 2 ovos
  • 50g de framboesas (frescas ou congeladas)
  • 50g de coco ralado
  • 2 a 3 gotas de essência de coco
  • 150g de farinha s/ fermento
  • 60ml de leite

   Buttercream de framboesa  Adaptada do livro “The Hummingbird Bakery – Cake Days”

  • 250g de açúcar em pó (icing sugar), peneirado
  • 80g de manteiga à temperatura ambiente
  • 25ml de leite gordo
  • 8 framboesas (usei congeladas)

Cupcakes

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Colocar umas forminhas de papel dentro de um molde para cupcakes. (Esta receita rendeu 8 unidades visto as formas serem das médias).

TMX Bimby: Colocar os açúcares e pulverizar 10 seg/vel.9. Colocar a borboleta e juntar o ovos, a manteiga, a essência de coco e programar 3 min/vel 3. Adicionar o coco e as framboesas desfeitas e misturar uns segundos na vel.4. Por fim, incorporar o leite e a farinha peneirada e misturar 15 seg/vel 3.

Tradicional: Bater os ovos com os açúcares, a manteiga e a essência durante cerca de 3 minutos. Incorporar o coco e as framboesas desfeitas e misturar bem. Por fim, juntar o leite e a farinha peneirada e misturar até obter um creme homogéneo.

Colocar a massa em formas de queques forradas com formas de papel e leve ao forno a 180ºC cerca de 20 minutos. Retirar do forno e deixar arrefecer completamente.

Buttercream de framboesa

Thermomix-Bimby: Bater o açúcar e a manteiga durante 5 minutos na vel. 3,5. Passado esse tempo com a vel.3 ligada, juntar a pouco e pouco o leite e por fim as framboesas, uma de cada vez. Bater até cobertura estar bem misturada, leve e fofa.

Tradicional: Bater o açúcar em pó e a manteiga com a batedeira, na velocidade média, até que a mistura fique bem ligada e misturada. Colocar a batedeira na velocidade mais baixa e ir juntando o leite pouco a pouco, com a ajuda de uma colher. uma vez incorporado o leite, colocar a batedeira na velocidade mais alta. Continue a bater pelo menos cinco minutos e ir juntando uma framboesa de cada vez, até a cobertura estar leve e fofa. Quanto mais bater a cobertura, mais leve e fofa ficará.

Com a ajuda de um saco pasteleiro com bico frisado, decorar a gosto. Para o efeito em rosa, começar a enrolar no centro do cupcake, até chegar à extremidades.

 

 

 

 

 

Fevereiro 01, 2013

Iogurte de coco com curd de manga

Claro que o curd de manga que sobrou, da receita anterior, tinha de ser para mais uma fornada de iogurtes. A combinação é ótima e estes são mais uma sobremesa do que propriamente um simples iogurte.

Aproveito para vos desejar um ótimo e doce fim de semana :)

Iogurte de coco com curd de manga

Iogurte

  • 1l de leite gordo (tipo Vigor – leite do dia)
  • 1 iogurte natural
  • 2 colheres (sopa) de leite em pó (magro)
  • 70 gr de açúcar
  • 3 gotas de essência de coco
  • Curd de manga (ver receita)*

Preparar o Curd de Manga, metade desta receita é suficiente. Colocar o creme de manga no fundo de cada copo e reservar.

Thermomix-Bimby:

Colocar no copo, o leite, o leite em pó, o açúcar e aquecer 8 min/Temp 90º/vel. 3.
Esperar que arrefeça, até que a temperatura baixe para 50ºC. Juntar a essência de coco e o iogurte. Misturar 15 seg. na Vel.4. 

Tradicional:

Colocar num tacho o leite, o açúcar, o leite em pó e levar a ferver, mexendo para que não se forme nata. Deixar arrefecer, quando estiver morno, juntar a essência e o iogurte. Misturar bem com um fouet.

Encher os copos e colocar na iogurteira , durante 8 a 10 horas. No fim, levar ao frigorifico cerca de 4 h. Caso não tenha iogurteira, deverá abafar bem os copos com um saco de plástico e uma manta polar, dentro do forno previamente aquecido a 50ºC, cerca de 12 horas.

 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...