Bolo de ovos moles

Este foi para um aniversário de um familiar, amante de ovos moles. Confesso que foi a primeira vez que utilizei tanto ovo numa receita. Embora goste muito, é raro fazer este doce. O bolo ficou muito fofo, intenso e foi muito apreciado. Deixo aqui duas versões do doce de ovos, uma mais rica e outra mais pobre que fica igualmente saborosa. Uma bela sugestão para a mesa de Natal.

Bolo de ovos moles

Adaptada da Revista Bimby nº 6, 2ª série

    Bolo

  • 5 ovos
  • 200g de açúcar
  • 130g de farinha c/ fermento

   Ovos moles (cobertura)

  • 140g de água
  • 250g de açúcar
  • 8 gemas de ovo
  • amêndoa laminada para decorar

   Ovos moles pobres (recheio)

  • 4 ovos
  • 250g de açúcar
  • 150g de água

 

Bolo:

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Forrar uma forma redonda de 21cm (aprox.) com papel vegetal untado com manteiga (usei de silicone).

Thermomix-Bimby: Colocar a “borboleta”, os ovos, o açúcar e programar 5min/37ºC/vel 3. A seguir programar mais 3 min/vel 3. Adicionar a farinha peneirada e envolver 10 seg/vel 3.

Tradicional: Bater os ovos com o açúcar durante 6 minutos. Adicionar a farinha peneirada e envolver com um fouet.

Deitar o preparado na forma e levar ao forno a 180ºC cerca de 30 minutos. Retirar e deixar arrefecer. Cortar o bolo em 3 partes.

Ovos moles

Colocar as gemas numa taça, mexer e passar por um coador fino as mesmas de forma a retirar a película que as envolve (desta forma não haverá aquele cheiro intenso a ovo).

Thermomix-Bimby: Colocar no copo a água, o açúcar e programar 20min/varoma/vel 1. No final, retirar o copo da base para que arrefeça mais rápido. Deixar arrefecer a calda até aos 60ºC. Deitar um pouco da calda, em fio, por cima das gemas mexendo energicamente. Colocar a “borboleta” e programar 5min/100º/vel 1. Com a máquina em funcionamento, juntar as gemas em fio através do bocal da tampa e deixar acabar o tempo. Retirar rapidamente do copo para uma taça e deixar arrefecer completamente.

Tradicional: Levar o açúcar e a água num tachinho ao lume e deixar ferver até obter o ponto de espadana (117º, ou quando o mesmo cair em fio). Deixar arrefecer um pouco. Deite um pouco de calda nas gemas, mexendo energicamente. De seguida, deitar as gemas em fio por cima da calda e mexer bem. Levar novamente ao lume até engrossar. Retirar e deixar arrefecer.

Ovos moles pobres

Bater os ovos numa taça até que fiquem bem misturados.

Thermomix-Bimby: Colocar no copo a água, o açúcar e programar 20min/varoma/vel 1. No final, retirar o copo da base para que arrefeça mais rápido. Deixar arrefecer a calda até aos 60ºC. Deitar um pouco da calda, em fio, por cima dos ovos mexendo energicamente. Colocar a “borboleta” e programar 5min/100º/vel 1. Com a máquina em funcionamento, juntar os ovos em fio através do bocal da tampa e deixar acabar o tempo. Retirar rapidamente do copo para uma taça e deixar arrefecer completamente.

Tradicional: Levar o açúcar e a água num tachinho ao lume e deixar ferver até obter o ponto de espadana (117º, ou quando o mesmo cair em fio). Deixar arrefecer um pouco. Deite um pouco de calda nos ovos, mexendo energicamente. De seguida, deitar os ovos em fio por cima da calda e mexer bem. Levar novamente ao lume até engrossar. Retirar e deixar arrefecer.

Montagem:

Rechear o bolo com ovos moles pobres, cobrir com os ovos moles e decorar com amêndoa laminada.

 

 

 

 

Muffins de chocolate, banana e framboesa

Este fim de semana, juntei três ingredientes que adoro e transformei-os nestes lindos muffins… Casam muito bem e ficam absolutamente deliciosos. Muito fofos e húmidos.

Desta vez exagerei com a quantidade de fotos mas é que cada vez que preparo um post é muito difícil escolher as melhores. Passo horas a tentar decidir-me e apetece-me publicá-las todas. Como já sei que me vão perguntar, estas forminhas que foram paixão à primeira vista, comprei na  More Than Cookies.

 

Muffins de chocolate e framboesa

Adaptada do livro Patisserie! de Christophe Felder

Para aprox. 10 un.

  • 100g de chocolate negro
  • 110g de manteiga
  • 4 ovos
  • 150g de açúcar
  • 90g de farinha c/ fermento
  • 1 c.(sopa) de cacau
  • 1 pitada de sal
  • 24 framboesas
  • 1 banana da Madeira

Ligar o forno a 200ºC. Colocar umas forminhas de papel num tabuleiro. Derreter o chocolate com a manteiga em banho-maria, misturar e reservar.

TMX Bimby: Bater com a “borboleta” os ovos inteiros com o açúcar e o sal 4min/37ºC/vel 3,5 e de seguida 4min/vel 3,5. Juntar o chocolate e manteiga derretidos e bater 1min/ vel 3,5. Por fim adicionar a farinha e o cacau previamente peneirados e envolver 20seg/vel3.

Tradicional: Bater os ovos com o açúcar e o sal durante 5 minutos na velocidade máxima. Juntar o chocolate e manteiga derretidos e bater até ficar homogéneo. Adicionar a farinha e o cacau previamente peneirados e envolver bem com um fouet.

Encher as forminhas até meio, colocar 1 framboesa cobrir com massa, colocar um rodela de banana e outra framboesa por cima (não ultrapassar os 2/3 da forma). Levar ao forno cerca de 15 a 20 minutos (Testar com um palito).

 

 

 

 

 

 

 

 

Angel food cake com ganache de framboesa ::: Aniversário do blog e novidades…

 

O Coco & Baunilha completou 3 anos de vida e foi presenteado com uma nova imagem, com a preciosa ajuda do Miguel da Milenar, que tem sido incansável e a quem estou mesmo muito agradecida. Fiquem atentos porque a partir de hoje irão surgir mais novidades por aqui.

Foram três anos maravilhosos para mim. Este blog tem sido a realização de um sonho e claro que vocês são a razão de ele existir. Todo o imenso trabalho e as horas dedicadas são recompensadas com o vosso carinho e simpatia. O ingrediente principal de todas as receitas é a minha paixão pelo que faço.

O bolo que escolhi para celebrar foi uma bela surpresa. Andava para experimentar o tão famoso angel food cake, mas como não encontrava cremor tártaro, ia ficando para trás. Até que encomendei numa farmácia. Imaginei-o vestido de branco com uma auréola rosa, bem cremosa e rodeado de pétalas em tom rosa pastel…

A textura do bolo é simplesmente maravilhosa, fofa, húmida e muito macia. E com a cobertura de chocolate branco e framboesa é de bradar aos Anjos.

 

Angel food cake com ganache de framboesa

Receita base adaptada da Revista Bimby - Momentos de Partilha nº 1

    Bolo

  • 10 claras de ovo, à temperatura ambiente
  • 140g de farinha c/ fermento
  • 200g de açúcar branco
  • 1/2 c. (café) de sal
  • 1 c. (café) de cremor tártaro*
  • Essência de baunilha q.b
  • 3 a 4 gotas de essência de amêndoa

    Ganache de framboesa

  • 100g de framboesas
  • 200g de chocolate branco p/ culinária
  • 120g de crème fraiche épaisse (ou natas gordas)
  • 1 c. (sopa) de água

*Pode encontrar cremor tártaro nas farmácias

Bolo

Preparar uma forma de buraco grande. Não deverá untá-la. (Usei uma forma de silicone). Pré-aquecer o forno a 150ºC.

Thermomix – Bimby:

Pulverizar o açúcar 15seg/vel 9, retire e reserve numa taça. Colocar a borboleta, juntar as claras, o sal, o cremor tártaro, e programe 3 min/vel.4 e incorpore pelo bocal da tampa, uma colher de cada vez de açúcar e as essências. Deixe as claras batidas numa taça grande e adicione pouco a pouco a farinha peneirada, envolvendo delicadamente com uma espátula, fazendo movimentos de cima para baixo (este processo demora uns minutos). Deite o preparado numa forma de buraco grande. Levar ao forno a 150ºC durante cerca de 45 minutos. Pendurar a forma com o bolo ao contrário (base do bolo virada para baixo) no gargalo de uma garrafa e deixar arrefecer 3 horas. Este processo irá descolar o bolo lentamente de forma a que ele saia branco no final. Desenformar num prato de servir.

Tradicional:

Numa taça grande, bater as claras com o sal e o cremor tártaro. Quando formar espuma, juntar o açúcar, uma colher de sopa de cada vez, e continuar a bater na velocidade máxima até formar picos, cerca de 4 minutos. Juntar as essências e bater mais um pouco até ficar bem misturado. Deixe as claras batidas numa taça grande e adicione pouco a pouco a farinha peneirada, envolvendo delicadamente com uma espátula, fazendo movimentos de cima para baixo (este processo demora uns minutos). Deite o preparado numa forma de buraco grande. Levar ao forno a 150ºC durante cerca de 45 minutos. Quando o palito sair seco está cozido. Pendurar a forma com o bolo ao contrário (base do bolo virada para baixo) no gargalo de uma garrafa e deixar arrefecer 3 horas. Este processo irá descolar o bolo lentamente de forma a que ele saia branco no final. Desenformar num prato de servir.

Ganache de framboesa

Levar as framboesas ao lume com uma colher de sopa de água até ficarem moles. Mexer bem de forma a obter um puré. Coar e reservar o sumo.

Aquecer o crème fraiche até levantar fervura num tachinho. Retirar do lume e juntar chocolate branco partido. Mexer até ficar tudo bem integrado e juntar o molho de framboesa, com uma colher de polpa e mexer bem. Reservar no frigorífico até obter a consistência desejada. Decore o bolo e sirva com o resto de ganache.

 

 

 

 

 

 

Madalenas

 

Uma receita simples que reaviva a minha infância e ótima para acompanhar um chá ou para o lanche das crianças. A forma delicada das conchas é irresistível. Não sei bem o que me atrai mais, o seu sabor ou a forma. Enchi uma caixa mas desapareceram num ápice por isso recomendo que façam uma boa quantidade. :) Claro que foi o meu filho que comeu a maioria, mas é bem melhor isso do que aqueles queques de compra. Esta é daquelas receitas que se repetem vezes sem conta.

Aproveito para agradecer a todos os que acompanham o Coco e Baunilha. O vosso carinho é, sem dúvida, a alma deste blog.

 

Madalenas

Adaptada do Petit Larousse Pâtissier

Para cerca de 30 un.

  • 150g de farinha c/ fermento
  • 150g de manteiga
  • Raspas de 1 limão
  • 3 ovos
  • 180g de açúcar
  • 1 c. (sopa) de açúcar baunilhado

 

 

Pré-aquecer o forno a 220ºC. Peneirar a farinha e reservar. Derreter a manteiga e deixar arrefecer.

Thermomix – Bimby: Colocar a “borboleta” no copo. Bater os ovos com os açúcares 3min/37º/vel. 3 e de seguida mais 3min/vel3. Com a Vel. 3 ligada, deitar pelo bocal, a farinha, a manteiga e as raspas e processar até ficar tudo bem integrado. (Se necessário raspe bem as paredes do copo com a espátula).

Tradicional:  Bater os ovos com os açúcares durante 5 minutos até fazer espuma. Juntar a farinha peneirada, a manteiga derretida e as raspas de limão, sem parar de bater.

Untar ligeiramente a forma de madalenas e encher até 2/3. Levar ao forno 5 min. a 220º e baixar para 200º durante mais 10 minutos. (Se tiver só uma placa para madalenas, desenforme e repita a operação).

 

 

 

 

Galette outonal ::: Geleia de marmelo e baunilha

 

 

O Outono pede receitas a condizer… e hoje trago logo duas…

Esta galette foi improvisada em 10 minutos ao ver uma base de massa folhada no frigorífico quase a passar do prazo. Imaginei-a com estrelas de maçã, amêndoa laminada e perfumada com baunilha, canela e marmelo. Como tinha feito geleia há pouco tempo, achei que seria uma ótima combinação e o resultado foi melhor do que esperava… Todos adoraram! Fica bem leve e muito estaladiça, sem falar no sabor que é sublime. A geleia de marmelo com baunilha, que está quase no fim,  também é uma perdição nas torradas matinais. Acho que vou repetir a dose.

 

 

Galette de maçã, amêndoa e canela com geleia de marmelo e baunilha

 

  • 1 base de massa folhada (usei de compra)
  • 4 maçãs reineta e royal gala
  • 1 c. (sopa) de açúcar baunilhado
  • Açúcar amarelo para polvilhar q.b.
  • Canela para polvilhar q.b
  • Amêndoas laminadas
  • 1 c. (sopa) de geleia de marmelo e baunilha

 

Colocar a base de massa folhada com o papel vegetal no tabuleiro do forno. Enrolar as extremidades e pressionar. Descascar as maçãs. Cortar uma maçã em lâminas com cerca de 0,5cm de espessura. Com a ajuda de um cortador de bolachas, moldar umas estrelas de maçã (ou outra forma que gostar). Regar as estrelas com sumo de limão.

Entretanto triturar as restantes maçãs com o açúcar baunilhado. Espalhar a maçã ralada na base da massa folhada. Polvilhar com açúcar, canela e amêndoa laminada a gosto. Dispor as estrelas por cima. Pincelar os rebordos da galette e as estrelas de maçã com geleia de marmelo. Por fim regar a galette com a restante geleia em fio. Levar ao forno pré-aquecido a 200ºC, cerca de 20 minutos ou até ficar dourada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Geleia de marmelo e baunilha

 

  • 2 kgs de marmelo
  • 2 litros de água
  • 1 kg de açúcar (se possível para geleia*)
  • 1 vagem de baunilha

 

 

Lavar bem os marmelos. Cortar em pedaços grandes (com a pele e sementes). Colocar numa panela com a água. Levar ao lume até estarem cozidos. Filtrar e pesar o líquido obtido (Obtive cerca de 1l).

Tradicional: Colocar o líquido obtido na panela com o mesmo peso em açúcar (coloquei metade) e a vagem de baunilha aberta ao meio. Levar ao lume até obter o ponto de estrada ou a consistência desejada. Retirar a vagem de baunilha. Conservar em frascos esterilizados.

Thermomix-Bimby: Colocar o líquido no copo com o mesmo peso em açúcar (coloquei metade) e a vagem de baunilha aberta ao meio. Caso use açúcar para geleias programar 20min/100º/vel 2 (sem a tampinha). Coloque o cesto para evitar salpicos. Caso use açúcar normal, programar 30min/varoma/vel.2 (sem a tampinha) e vá acrescentando mais minutos até obter o ponto de estrada ou a consistência desejada. Retirar a vagem. Conservar em frascos esterilizados.

* Se usar açúcar especial para geleias, obterá uma consistência mais gelatinosa, o processo será bem mais rápido e renderá mais. No meu caso, usei açúcar normal e demorou mais de 60 minutos até obter o ponto.