Biscuits Rose de Reims e um iogurte encantador

 

 

Hoje trago-vos um iogurte especial feito com um biscoito típico francês, uma especialidade de Reims, da região de Champagne. É um biscoito seco, delicado e charmoso, de um lindo tom rosa, próprio para molhar no champagne ou servir com um bom chá. São semelhantes aos palitos La Reine. Este biscoito é muito utilizado nas sobremesas francesas e fica lindo numa charlotte. Os iogurtes são divinos, quer pela cor, quer pela consistência e textura muito macia. No fundo do copo forma-se uma deliciosa camada de creme de biscoito.

Há imenso tempo que queria experimentar esta receita mas não tinha as formas apropriadas. Acabei por usar umas para mini cakes, em silicone e por isso tive alguma dificuldade em desenformá-los visto serem bastante delicados e estaladiços.

 

Rose de Reims1

 

Biscuits Rose de Reims

Adaptada do blog Food and Cook

  • 2 ovos
  • 100g de açúcar´
  • 90g de farinha c/ fermento
  • 45g de maizena
  • Essência de baunilha q.b.
  • Corante rosa q.b.
  • Açúcar em pó

 

Untar umas formas retangulares de 10x5cm (ou menores). Caso não tenha formas, com a ajuda de uma saco de pasteleiro, poderá formar retangulos de massa num tabuleiro forrado com papel vegetal.

TMX-Bimby:

Colocar a borboleta. Bater os ovos com o açúcar 3 min/37º/vel.3,5. Juntar a essência, a farinha previamente peneirada e misturar uns segundos na vel. 3 até ficar homogéneo. No final, juntar o corante, misturar até formar uma massa rosa homogénea (como na foto).

Tradicional:

Bater os ovos com o açúcar até dobrar de volume e obter um creme esbranquiçado e esponjoso. Juntar a essência e a farinha previamente peneirada e misturar bem. No final, juntar o corante até formar um rosa como na foto.

Espalhar uma camada fina de massa  em cada forma (cerca de 1cm). Polvilhar generosamente toda a superfície com açúcar em pó e deixar repousar cerca de 30 minutos (isso permitirá que se forme uma crosta). Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 20 a 25 minutos. Deixar arrefecer e desenformar. (Alisar o açúcar na superfície dos biscoitos com a ajuda de uma colher).

 

 

 

 

Iogurte de biscuit Rose de Reims

Adaptada do blog Food and Cook

Para 7 a 8 iogurtes:

  • 900ml de leite fresco (tipo Vigor)
  • 100ml de natas
  • 1 iogurte natural
  • 40g de leite em pó
  • 100g de biscuits Rose de Reims
  • 110g de açúcar

 

TMX-Bimby:

Colocar os biscoitos no copo, pulverizar uns segundos na vel. 9 e reservar. Colocar o iogurte no copo, o leite em pó e misturar na vel 3 até ficar homogéneo. Juntar as natas, os biscoitos moídos, o açúcar e misturar novamente na vel. 3. Continuar na vel. 3 e juntar o leite pelo bocal pouco a pouco até ficar bem misturado.

Tradicional:

Triturar os biscoitos e reservar. Numa taça, bater o iogurte com o leite em pó até ficar bem misturado. Juntar as natas, o açúcar e misturar bem. Adicionar o leite pouco a pouco e misturar com um fouet.

Distribuir pelos copos e levar à iogurteira cerca de 12 horas. No final do tempo colocar as tampas e reservar no frigorífico pelo menos 4 horas antes de consumir. Caso não tenha iogurteira, deverá seguir os passos acima usando leite morno e abafar bem os copos com manta polar dentro do forno previamente aquecido a 50º.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Rose de Reims

Bolo de ameixa invertido com amêndoa e canela

Um bolo rústico e bem aromático para aproveitarem as ameixas que abundam nesta altura, com um sabor bem diferente; ameixa, amêndoa e canela combinam lindamente. Além disso faz uma vista linda!

 

       

Bolo de ameixa invertido com amêndoa e canela

Adaptada do Yummy Magazine nº10

 

  • 80g de manteiga, amolecida
  • 100ml de buttermilk
  • 150g de açúcar amarelo + 3 c. (sopa)
  • 140g de farinha autolevedante
  • 80g de amêndoa moída
  • 3 ovos
  • 1 c. (café) de canela
  • 40g de amêndoa laminada
  • 1 pitada de sal
  • Umas gotas de essência de amêndoa
  • 10 ameixas vermelhas, maduras mas firmes

 

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar uma forma com cerca de 22cm, com manteiga e forrar o fundo com papel vegetal. Polvilhar o fundo com as 3 colheres de sopa de açúcar. Cortar as ameixas ao meio, retirar os caroços e distribuir as metades no fundo da forma, de barriga para cima. Preparar o buttermilk, colocando numa taça 100ml de leite e uma colher de sumo de limão, deixar repousar uns minutos até coalhar.

Tmx – Bimby:

Colocar a borboleta no copo. Bater a manteiga, os ovos e o açúcar 5min/37º/vel.3. Juntar a farinha peneirada, a amêndoa moída, o sal e a canela e envolver uns segundos na vel. 3 até ficar homogéneo. Juntar o buttermilk e a essência e misturar novamente na vel. 3. Por fim juntar a amêndoa laminada e misturar com a espátula.

Tradicional:

Bater as claras em castelo com uma pitada de sal. Bater a manteiga com o açúcar até obter um creme homogéneo. Juntar as gemas e misturar bem. Adicionar a farinha peneirada, a amêndoa, a canela, misturar bem e de seguida o buttermilk e a essência. Por fim envolver delicadamente as claras e a amêndoa laminada.

Deitar a massa a massa por cima das ameixas com cuidado. Levar ao forno cerca de 40 minutos. Este bolo fica meio húmido. Deixar arrefecer um pouco antes de desenformar e retirar com cuidado o papel vegetal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Financier de pistácio e pêssego

 

         

O mês de Agosto trouxe mudanças no blog… Já há algum tempo que andava com vontade de mudar o visual :) e chegou a altura.

As férias no Algarve souberam a pouco. Numa das idas à praia, ao passar pelo Supermercado Apolónia, descobri um óleo de pistácio maravilhoso, não fosse eu amante de pistácio. Embora caro e com apenas 250ml , não resisti, começaram logo a desfilar receitas na minha mente. E fiquei rendida, tem tudo de bom, desde o seu sabor, a cor e as propriedades do mesmo. Foi assim que surgiu um financier gigante com um aroma bem vincado a pistácio. A combinação com o pêssego é maravilhosa. Inicialmente a ideia era usar alperces mas como não encontrei optei pela fruta mais próxima de sabor.

     

Financier de pistácio e pêssego

 

  • 120g de manteiga
  • 3 c. (sopa) de óleo de pistácio*
  • 170g de açúcar em pó
  • 50g de pistácios moídos (+ para decorar)
  • 50g de amêndoa s/pele moída
  • 60g de farinha autolevedante
  • 4 ou 5 claras de ovo
  • 1 c. (sopa) de açúcar baunilhado
  • 1 c. (chá) de essência de amêndoa
  • 3 pêssegos, maduros

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Forrar uma forma de tarte com papel vegetal. Descascar os pêssegos, cortar em quartos e depois em lâminas grossas. polvilhar com açúcar e reservar.

Tradicional: Derreter a manteiga e deixar arrefecer. Triturar as amêndoas e os pistácios de forma a obter uma farinha e misturar com o açúcar, a farinha de trigo e o açúcar baunilhado. Bater as claras em castelo bem firmes. Juntar a mistura de farinha às claras e envolver delicadamente até ficar homogéneo. Adicionar a manteiga e o óleo e misturar novamente. Juntar a essência e envolver bem.

TMX-Bimby: Derreter a manteiga e deixar arrefecer. No copo bem limpo, pulverizar as amêndoas e os pistácios, uns segundos na vel. 9. Juntar os açúcares e pulverizar novamente uns segundos. Juntar a farinha e misturar uns segundos na vel. 4 e reservar à parte. No copo bem limpo e seco e com a borboleta, bater as claras bem firmes, 4 a 5 min/vel 2 1/2 (pode juntar uma pitada de sal para ficar melhor). Numa taça, misturar as farinhas com as claras, envolvendo delicadamente até ficar homogéneo. Adicionar a manteiga e o óleo e misturar novamente. Juntar a essência e envolver bem.

Despejar a massa na forma e dispor por cima as lâminas de pêssego. Levar ao forno cerca de 30 minutos. Deverá estar firme ao toque no entanto a massa fica bem húmida no interior.

* Usei óleo de pistácio La Tourangelle que comprei no Supermercado Apolónia no Algarve. O óleo é facultativo na receita, caso não tenha pode aumentar a manteiga para 170g.

 

 

 

 

Gelado de coco mesclado com framboesa e chocolate branco

 

 

O meu Algarve, o calor, a praia só podiam trazer um gelado para comemorar… Coco é um dos meus preferidos e para alegrar um pouco resolvi transformá-lo num trio de sabores que se completam :) coco, framboesa e chocolate branco. Inspirei-me no adorável blog Technicolor Kitchen,  da Patrícia Scarpin que tem uma deliciosa coleção de gelados.

 

Gelado de coco mesclado com framboesa e chocolate branco

Adaptada do blog Technicolor Kitchen

      Gelado

  • 50g de coco ralado
  • 300 ml de natas
  • 300 ml de leite gordo
  • 100g de açúcar amarelo
  • 6 gemas
  • 100g de chocolate branco, triturado grosseiramente

      Molho de framboesa

  • 100g de framboesas
  • 1 c.(sopa) de açúcar
  • 2 c. (sopa) de natas     

 

Colocar o coco ralado num tabuleiro forrado com papel vegetal, bem espalhado e levar ao forno pré-aquecido a 180º até dourar ligeiramente, cerca de 5 minutos (mexendo algumas vezes).

Triturar as framboesas com um garfo, juntar o açúcar e 2 colheres de sopa de água e levar ao lume e deixar ferver uns minutos. Juntar as natas e misturar bem. Se preferir, pode triturar com a varinha mágica. Reservar.

TMX – Bimby: Colocar no copo o leite, o coco ralado e pulverizar uns segundos na vel.9. Adicionar as natas e processar novamente na vel. 9. Juntar o açúcar e misture uns segundos na vel.4. Programe 10 min /90º/vel.3. Bater as gemas numa taça e adicione uma parte do leite quente. Deitar a mistura das gemas em fio pelo bocal com a velocidade 4 ligada. Programar 6min/80º/vel3. No final verter o creme para uma taça e deixar arrefecer mexendo de vez em quando. Levar ao frigorífico até estar bem frio.

Tradicional: Levar ao lume (brando) o leite, as natas, o coco ralado e o açúcar até ferver 1 minuto. Retirar do lume, cobrir e deixar em infusão durante 30 minutos. Entretanto bater as gemas com um fouet numa tigela refractária. Acrescentar a mistura de leite quente, em fio, mexendo continuamente.  Despejar o creme de ovos no tacho e levar de novo ao lume baixo, mexendo sempre com uma colher de pau, até obter um creme um pouco espesso, sem deixar ferver. (O creme deverá atingir uma temperatura de 75 a 80º). Se preferir poderá filtrar o creme, para não sentir o coco ralado. Deixar arrefecer, mexendo de vez em quando. levar ao frigorífico até estar bem frio.

Quando o creme estiver bem frio, ligar a maquina dos gelados e proceder de acordo com as instruções da mesma. Numa caixa hermética, colocar metade do gelado, espalhar molho de framboesa por cima e uns pedacinhos de chocolate branco, cobrir com o restante gelado, espalhar mais molho e chocolate branco. Decorar com cubinhos de chocolate. Levar ao congelador até obter a consistência desejada.

 

 

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...