Cheesecake de Pêssego Melba

Não me canso de experimentar receitas de cheesecake, este seduziu-me à primeira e é surpreendente…superou as minhas expetativas! Com sabor a verão, requintado, leve, com uma deliciosa combinação de aromas, amêndoa e pêssego. Para servir com molho de pêssego.

Cheesecake  de Pêssego Melba

Adaptado do livro Cheeeese… cake de Julie Schwob

      Base

  • 180g de bolachas tipo Petit Beurre
  • 70g de amêndoa moída
  • 60g de manteiga (usei magra)

      Cheesecake

  • 700g de queijo creme tipo fromage blanc 40% (ou Philadelphia)
  • 1 c. (sopa) de crème fraîche épaisse
  • 120g de açúcar
  • 1 c. (sopa) de açúcar baunilhado
  • 5 ovos
  • 1 c. (sopa) de amido de milho
  • 1 pitada de sal
  • 1 a 2 c. (café) de essência de amêndoa
  • 1 lata grande de pêssego em calda
  • 60g de amêndoa lascada

      Molho de pêssego

  • Calda do pêssego
  • 1 c. (café) de amido de milho

 

Forrar a base de uma forma com fundo amovível, com cerca de 20cm de diâmetro, com papel vegetal. Pincelar ligeiramente com óleo vegetal a lateral ou aro da forma. Pré-aquecer o forno a 160º. Colocar um recipiente com água na base do forno (para criar vapor e evitar que o cheesecake fenda durante a cozedura).

Abrir a lata de pêssego, escorrer bem a fruta e reservar a calda no frigorífico. Cortar o pêssego em cubinhos (cerca de 6 a 7 metades). Reservar os restantes para a decoração.

TMX-Bimby:

Colocar as bolachas no copo e pulverizar uns segundos na vel. 9. Juntar a amêndoa moída e a manteiga e misturar 15 seg /vel. 6. Espalhar a bolacha uniformemente no fundo da forma pressionando com a ajuda de um copo para alisar. (Se gostar até pode subir um pouco dos lados). Colocar no forno cerca de 10 minutos, retirar e deixar arrefecer.

Entretanto, colocar no copo queijo creme, o creme fraiche, os açúcares e misturar na vel. 3 até ficar homogéneo. Juntar os ovos um a um, misturando na mesma velocidade entre cada adição. Juntar o amido de milho e misturar bem na vel. 3. Adicionar o sal, a essência de amêndoa e misturar uns segundos na vel 4, até obter um creme homogéneo.

Verter 1/3 do creme na forma, distribuir uns pedacinhos de pêssego uniformemente por cima e repetir este processo até acabar os ingredientes. Alisar e cobrir com as lascas de amêndoa. Levar ao forno (na grelha do meio) durante 50 minutos a 180ºC. Deixar arrefecer e colocar no frigorífico durante uma noite no mínimo. Se necessário, no final ligar o grill do forno uns 5 minutos para tostar a amêndoa.

Colocar a calda no copo, juntar o amido de milho e misturar uns segundos na vel.6. Programar 5 minutos/100º/vel 4. Deixar arrefecer e reservar no frigorífico até servir.

Tradicional:

Triturar as bolachas. Juntar a amêndoa moída e misturar bem com a manteiga amolecida até obter uma mistura areada e cobrir uniformemente o fundo da forma pressionando com a ajuda de um copo para alisar (subindo um pouco nas laterais se gostar). Colocar no forno cerca de 10 minutos, retirar e deixar arrefecer.

Entretanto, bater o queijo creme, o creme fraiche, os açúcares e misturar até ficar homogéneo. Juntar os ovos um a um, misturando bem entre cada adição. Juntar o amido de milho previamente peneirado e misturar bem. Adicionar o sal, a essência de amêndoa e misturar até obter um creme homogéneo. Verter 1/3 do creme na forma, distribuir uns pedacinhos de pêssego uniformemente por cima e repetir este processo até acabar os ingredientes. Alisar e cobrir com as lascas de amêndoa. Levar ao forno (na grelha do meio) durante 50 minutos a 180ºC. Se necessário, no final ligar o grill do forno uns 5 minutos para tostar a amêndoa. Deixar arrefecer e colocar no frigorífico durante uma noite no mínimo.

Misturar a calda e o amido de milho, levar ao lume e deixar ferver uns minutos. Deixar arrefecer e reservar no frigorífico até servir.

Nota:

Uma das regras básicas do cheesecake é prepará-lo de véspera e deixá-lo no minimo 24h no frigorífico antes de servir.

Raramente uso queijo creme tipo Philadelphia, prefiro usar fromage blanc ou suissinhos naturais, que se podem encontrar nos supermercados E.Leclerc, Intermarché, Jumbo ou Aldi a um preço mais acessível. Fica bem mais leve e menos enjoativo.

 

 

 

 

Galettes de cereja e amêndoa

Uma sobremesa da época, rústica, leve… com cerejas e amêndoa…perfeita para servir com uma bola de gelado. Muito simples e versátil, fica bem com outras frutas da época, como frutos vermelhos, alperces, ameixas, pêssegos…

Aproveito para agradecer a todos os seguidores do Coco & Baunilha e às mensagens sempre tão simpáticas que aqui deixam :)

Galettes de cereja e amêndoa

      Massa areada

  • 250g de farinha
  • 40g de açúcar (em pó)
  • 1 c. (sopa) de amêndoa moída
  • 1 ovo
  • 80g de manteiga (usei magra)
  • 1 c. (sopa) de água fria
  • Umas gotas de essência de amêndoa (opcional)

      Recheio

  • 700g de cerejas, maduras
  • 50g de açúcar amarelo
  • 1 c. (sopa) de açúcar baunilhado
  • 80g de amêndoa moída

Cortar as cerejas ao meio, tirar os caroços (caso tenha descaroçador, podem ficar inteiras). Colocar num recipiente e polvilhar com os açúcares. Reservar umas horas até formar um xarope (ou melhor ainda a noite inteira). Passado esse tempo, escorrer as cerejas e reservar o xarope.

Massa:

Tradicional: Num recipiente, misturar a farinha com os açúcares e a amêndoa moída. Juntar a manteiga aos bocados, o ovo, a essência e trabalhar manualmente até conseguir formar uma bola. (Se necessário juntar mais farinha). Envolver em película aderente e reservar no frigorífico durante 1h.

Tmx. Bimby: Preparar a massa misturando todos os ingredientes na bimby 15seg/vel.4. Se ficar pegajosa é só adicionar mais um pouco de farinha. Moldar uma bola, envolvê-la em película aderente e reservar no frigorífico 1h.

Estender finamente a massa. Com a ajuda de uma taça recortar uns círculos (14cm) ou forrar umas mini-tarteiras. Colocá-los num tabuleiro forrado com papel vegetal. Polvilhar a base da massa abundantemente com amêndoa moída, deixando uma margem de 2cm à volta. Colocar cerejas no meio e dobrar as extremidades da massa, formando um cestinho.

Levar ao forno pré-aquecido a 180º, durante cerca de 30 minutos, ou até ficarem douradas.

Preparar uma calda levando o xarope ao lume, durante uns minutos. Assim que retirar as galettes do forno pincelar cada uma abundantemente com a calda.

 

 

 

Raspberry & blueberry heart bundt cake

Mais um bundt com as cores que mais gosto… Tenho uma paixão por formas de bolos, principalmente estilo bundt, não resisto quando vejo alguma que me atrai. A coleção aqui em casa vai aumentando e às vezes já nem sei qual delas escolher. Esta de coração foi a minha última aquisição e claro tinha logo que a experimentar…

Imaginei um bolo vestido de violeta…macio, delicioso e salpicado com frutos silvestres e ei-lo! Ficou divino, foi muito elogiado e desapareceu num ápice.

Raspberry & blueberry heart bundt cake

 

     Bolo

  • 160g de manteiga, à temperatura ambiente
  • 300g de açúcar
  • 1 colher (sopa) de açúcar baunilhado
  • 360g de farinha autolevedante
  • 4 ovos
  • 1 pitada de sal
  • 200ml de buttermilk* (190ml de leite + 1 c. sopa de sumo de limão)
  • 3 gotas de essência de amêndoa (facultativo)
  • 150g de mirtilos e framboesas

      Ganache de mirtilos

  • 150g de chocolate branco
  • 75g de natas
  • 75g de mirtilos

 

* Preparar o buttermilk, colocando o leite numa taça e adicionar uma colher de sopa de sumo de limão ou vinagre e deixar repousar até coalhar (cerca de 15 a 30 minutos).

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar com manteiga uma forma de buraco e polvilhar com farinha (excepto se for de silicone).

Tradicional: Bater a manteiga com os açúcares até obter um creme fofo e esbranquiçado. Juntar o sal e os ovos um a um e bater bem (com a batedeira) entre cada adição. Juntar a farinha peneirada em três vezes alternando com o buttermilk e misturar bem até ficar homogéneo. Juntar umas gotas de essência de amêndoa e misturar novamente. Juntar a fruta e envolver.

Tx.Bimby: Colocar a borboleta no copo, a manteiga, o sal, os açúcares e os ovos e marcar 6 min/37º/vel 3. Juntar o buttermilk e a essência de amêndoa e misturar uns segundos na vel. 3. Por fim juntar a farinha e envolver 15 seg/Vel 3 ou até ficar homogéneo. Juntar a fruta e envolver bem com a espátula.

Espalhar a massa na forma e levar ao forno cerca de 40 a 50 minutos, ou até estar cozido (testar com um palito). Desenformar e deixar arrefecer completamente.

Tradicional: Triturar os mirtilos com uma varinha mágica e levar os mirtilos ao lume num tachinho e cozinhar cerca de 5 minutos. Juntar o chocolate branco partido e as natas, mexendo sempre, até este derreter e obter um creme liso. Retirar do lume e deixar arrefecer completamente antes de verter por cima do bolo.

Tx.Bimby: Colocar todos os ingredientes (ganache) no copo e marcar 6min/90º/vel.3. No final misturar uns segundos na vel. 5/7. Deixar arrefecer completamente antes de verter no bolo.

 

 

 

Clafoutis de alperce e flor de laranjeira

Já tinha saudades de todas estas frutas que abundam nesta altura do ano. As ideias que surgem são tantas que fico horas a escolher a próxima receita. Clafoutis já fiz muitos mas faltava este. Os alperces previamente caramelizados e um subtil aroma de flor de laranjeira combinam perfeitamente.

Clafoutis de alperce e flor de laranjeira

Adaptada do Yummy Magazine nº9

  • 300g de fromage blanc ou iogurte grego
  • 200ml de leite
  • 3 ovos
  • 110g de açúcar
  • 1 c. (sopa) de açúcar baunilhado
  • 50g de maizena
  • 1 ou 2 c. (sopa) de aroma de flor de laranjeira
  • 800g de alperces maduras
  • 1 c.(sopa) de manteiga + açúcar q.b.

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar com manteiga umas formas e polvilhar com açúcar (facultativo).

Cortar os alperces ao meio e retirar os caroços. Levar ao lume uma frigideira anti-aderente com uma colher de manteiga, os alperces e polvilhar com açúcar (consoante a acidez). Cozinhar uns minutos, até os alperces ficarem macios e meio caramelizados. Distribuir os alperces pelas formas.

Thermomix-Bimby: Colocar os ovos e os açúcares e misturar uns segundos na vel. 3. Colocar os restantes ingredientes e misturar 20 seg/ Vel 4 ou até obter um creme homogéneo. Verter o preparado nas formas sobre os alperces (não deverá encher demasiado). Levar ao forno até estarem cozidos (deverão ficar firmes ao toque).

Tradicional: Bater os ovos com os açúcares, juntar os restantes ingredientes e misturar bem entre cada adição até obter um creme homogéneo. Verter o preparado nas formas sobre os alperces (não deverá encher demasiado). Levar ao forno até estarem cozidos (deverão ficar firmes ao toque).

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...