sábado, 17 de março de 2012

Savarin

Mais um clássico francês. Desta vez o famoso Savarin. Trata-se de um bolo esponjoso em forma de coroa, embebido em xarope de rum e guarnecido com chantilly e fruta fresca. Para quem nunca provou é uma autêntica delícia, a combinação com chantilly é divina. Quem não gosta de rum poderá sempre optar por outro licor.

Aproveito para agradecer aos leitores deste blogue, a todos os comentários sempre tão simpáticos. Vocês são a minha inspiração :) Votos de um excelente fim de semana.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Savarin

 Adaptado do Petit Larousse Pâtissier

      Massa

  • 300 g de farinha 
  • 10 g de açúcar
  • 5 g de sal
  • 15 g de fermento fresco (padeiro)
  • 3 ovos
  • 120 g de leite
  • 80 g de manteiga (à temperatura ambiente)

      Xarope

  • 1/2 l de água
  • 250g de açúcar
  • 6 c. (sopa) de rum
  • 1 vagem de baunilha

      Creme chantilly

  • 250ml de natas (bem frias)
  • 15g de açúcar em pó (icing sugar)
  • 1 c. (sopa) de açúcar baunilhado
  • Umas gotas de sumo de limão

      Decoração

  • Framboesas (ou outras)

 

Thermomix - Bimby

Colocar o leite no copo e marcar 2min/37º/Vel 2. Juntar o fermento e misturar uns segundos na vel. 4. Juntar os ovos, o açúcar e a manteiga mole e misturar na vel 5 até ficar homogéneo. Adicionar a farinha e o sal e misturar uns segundos na vel. 5. Colocar a massa num recipiente, tapar com um pano e  deixar levedar 1h a 1h30.

Entretanto preparar o xarope. No copo colocar a água, o açúcar e as sementes de baunilha raspadas e programar 5 min/100º/Vel 1. Deixar arrefecer e juntar o rum.

Quando a massa tiver dobrado de volume, colocá-la numa forma de buraco untada com manteiga (ou de silicone) e levar ao forno pré-aquecido cerca de 30 minutos a 180º. Deixar arrefecer na forma. Regar com o xarope várias vezes para o savarin ficar totalmente embebido. Deixar repousar umas horas e desenformar num prato.

Para o chantilly, coloque no copo limpo a borboleta, as natas bem frias, umas gotas de limão e o açúcar e bata 2 min/vel 3,5. Tem que estar com atenção para que não passem a manteiga. Retire e reserve no frigorífico.

Colocar as natas batidas no centro do savarin e decorar com fruta fresca.

Tradicional

Dissolver o fermento no leite morno. Num recipiente colocar a farinha e no meio colocar os ovos, o açúcar, o sal, o leite com o fermento. Amassar com as mãos e juntar a manteiga mole aos poucos e amassar cerca de 5 minutos. Colocar um pano por cima e deixar levedar 1h a 1h30.

Entretanto preparar o xarope. Num tacho colocar a água, o açúcar e as sementes de baunilha raspadas e leve ao lume até obter um xarope. Deixar arrefecer completamente e juntar o rum.

Quando a massa tiver dobrado de volume, colocá-la numa forma de buraco untada com manteiga (ou de silicone) e levar ao forno pré-aquecido cerca de 30 minutos a 180º. Deixar arrefecer na forma. Regar com o xarope várias vezes para o savarin ficar totalmente embebido. Deixar repousar umas horas e desenformar num prato.

Bater as natas bem frias com as gotas de limão durante cerca de 1 minuto e juntar o açúcar em pó e o açúcar baunilhado. Bater até ficarem firmes. Colocar as natas batidas no centro do savarin e decorar com fruta fresca.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

20 comentários :

  1. FICOU LINDO E ESSA FATIA ESTA UMA TENTAÇÃO...APETECE DAR UMA DENTADINHA.
    BOM FIM DE SEMANA
    BJS

    ResponderEliminar
  2. Divinal :)
    Tem um ar apetitoso e mas ao mesmo tempo fresco. Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  3. Uma sobremesa real!
    Muito bonita e bem apetitosa!
    Bom fim de semana!

    isa

    manas&companhia

    ResponderEliminar
  4. Amei amiga, a massa fica bem fofa né, pos eu gosto muito do toque com rum sim. beijus

    ResponderEliminar
  5. Tenho pena de não morar ao pé de ti.....
    Está com um aspecto SUPER DELICIOSO ...continua a partilhar :-)

    Bjos

    ResponderEliminar
  6. A perfeição! Nunca esse bolo me pareceu tão apetitoso!

    ResponderEliminar
  7. Agora comia de bom grado uma fatia dessas :)
    Que tentação :P

    Bjokas

    ResponderEliminar
  8. é um prazer comentar o teu blog, acho que já percebeste isso :) Adorei o teu bolo e cá estarei sempre deste lado á espera de mais receitas e os não menos fantásticos iogurtes :)

    ResponderEliminar
  9. Eu fico sempre tentada quando venho ao teu blog, pois tens sempre coisas que adoro da cozinha francesa e este teu savarin ficou tão fofinho..beijinho

    ResponderEliminar
  10. Que aspecto delicioso tem este bolinho!!!!!

    ResponderEliminar
  11. A textura parece muito, muito fôfa. E claro, bolo decorado com chantilly e framboesas só pode ser uma delícia :)

    ResponderEliminar
  12. Isso sim é o que eu chamo de uma bela sobremesa! Ótima receita.

    ResponderEliminar
  13. Parece ideal para iniciar a primavera...

    ResponderEliminar
  14. Que delícia! É uma excelente receita para dar as boas-vindas à primavera.

    Um beijinho
    http://ascavalitasdovento.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Deve ser uma delícia. Ficou linda e delicada. Aliás, delicadeza é o adjectivo que associo à culinária francesa. E Patrícia, queria dizer que gosto imenso de passar aqui no teu blog. Tens sempre sugestões deliciosas, bonitas e diferentes. Parabéns! Beijinho

    ResponderEliminar
  16. Que bolo tão lindo! Apetece levar uma fatia. :)

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita...
Comentários, dúvidas ou sugestões são sempre bem vindos!