Bolo tiramisu



Esta semana trago um bolo especial que fiz para o aniversário da minha irmã. Bolo tiramisu porque é o preferido dela. Baseei-me nesta receita antiga do blog e aproveitei para melhorá-la. Imaginei-o assim num cenário antigo. É um bolo maravilhoso para quem gosta de tiramisu. Um bolo esponja molhado com um xarope de café e Baileys, recheado e coberto com creme de mascarpone de baunilha/café e polvilhado com cacau. Este é daqueles bolos que vou repetir muitas vezes, é daqueles que não pesam e não enjoam. 
Quem não tolera cafeína pode substituir por descafeinado ou aquelas misturas de chicória, com pouca percentagem de café. 





Bolo tiramisu

{Bolo}

  • 6 ovos
  • 240g de açúcar
  • 200g de farinha c/ fermento
  • 40g de Maizena
  • Essência de baunilha q.b.

{Calda}
  • 1 chávena (150ml) de café instantâneo
  • 1 c. (sopa) de açúcar
  • 1 c. (sopa) de rum, Baileys ou licor de café

{Recheio e cobertura}
  • 250g de mascarpone
  • 250g de quark (20%) ou queijo-creme 
  • 200ml de natas p/ bater (35%)
  • 150g de açúcar em pó
  • Essência de baunilha ou de café q.b. 
  • Cacau em pó p/ polvilhar
  • Grãos de café para decorar




BOLO

Untar 3 formas de Ø16cm e forrá-las com papel vegetal (base + lateral). Peneirar as farinhas.

TradicionalBater os ovos com o açúcar e a baunilha durante 12 minutos, até triplicar de volume. Envolver a farinha peneirada delicadamente. 

Thermomix – BimbyPulverizar o açúcar na vel. 9. Posicionar a borboleta no copo. Juntar os ovos e a baunilha e programar 12min/37º/vel.3 e 1/2. Juntar a farinha peneirada e envolver 15 seg/ Vel.2. Se necessário misturar com a espátula até ficar homogéneo.

Dividir a massa pelas 3 formas e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 20 a 30min. ou até o palito sair seco. Retirar do forno e esperar 10 minutos antes de desenformar. Deixar arrefecer completamente numa grelha. Caso seja para rechear no dia seguinte, envolver cada bolo em película aderente e reservar num local fresco.


CALDA DE CAFÉ

Preparar uma taça de café instantâneo, juntar o licor e deixar arrefecer. Reservar.


CREME DE MASCARPONE

Tradicional: Bater um pouco o mascarpone até ficar macio. Juntar o quark, a essência de baunilha e 100g de açúcar em pó e bater mais um pouco até ficar homogéneo. Bater as natas bem frias, numa taça à parte. Quando ganharem consistência juntar 50g de açúcar em pó e bater até ficarem firmes. Misturar as natas ao mascarpone, envolvendo delicadamente. 

Thermomix-Bimby: Coloque a borboleta, as natas e 50g de açúcar e bata 2min/Vel 3 e 1/2 ou até ficarem firmes. Vigiar para que não passem a manteiga. Retirar e reservar. Juntar o mascarpone, o quark e o restante açúcar e misturar 1min/ Vel.3. Retirar para uma taça e juntar as natas batidas, envolvendo delicadamente. Reservar no frigorífico até servir.


MONTAGEM

Cortar os topos de cada bolo para alisar, caso necessário. Colocar um bolo no prato de serviço, com uma colher espalhar bastante café em toda a superfície do bolo. Espalhar uma boa camada de creme de mascarpone. Colocar outro bolo, molhar abundantemente com café e espalhar outra camada de creme por cima. Por fim molhar a última camada de bolo com café (na face de baixo) e colocar no topo.

Espalhar uma fina camada de creme de mascarpone no topo do bolo e alisar para as extremidades. Barrar as laterais e preencher as zonas entre camadas, alisar com uma espátula, de forma a obter as laterais lisas. Nesta fase o bolo ficará com uma capa fina de creme. Refrigerar (o bolo e o creme restante) meia hora para o bolo ficar firme e estável.

Espalhar mais creme branco nas laterais e no topo e alisar bem com a espátula. Limpar a espátula entre cada passagem. Com um saco pasteleiro com bico em forma de estrela aberta, formar picos em toda a superfície. Levar o bolo ao frigorífico durante uma noite ou pelo menos 6 a 8h. na altura de servir polvilhar com cacau em pó.

NOTAS

Poderá optar por fazer o bolo em 2 formas de Ø20cm. Nesse terá de cortar cada um em 2 metades e assim obter 4 camadas. Deverá aumentar um pouco a quantidade de mascarpone e açúcar.








{Cake stand modelo vintage, branco antigo com renda, disponível por encomenda, em vários Ø}
{Siga as novidades no facebook}



Tarte de chocolate e mascarpone



Esta semana trago um pecado de tarte, para ser saboreada de preferência semi-gelada. Esta delícia tem como base uma bolacha de cacau e amêndoa, recheada com uma densa camada de mascarpone e coberta com ganache de chocolate preto batida em chantilly. Para quem não aprecia chocolate preto pode preparar a ganache com chocolate de leite, seguindo as porporções adequadas indicadas na receita. O creme de mascarpone suaviza a intensidade do chocolate.





Tarte de chocolate e mascarpone 
(Para uma forma de 16 x 24 ou Ø20)


Massa areada
  • 180g de farinha
  • 40g de amêndoa moída
  • 10g de cacau em pó
  • 100g de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 1 ovo
  • 100g de manteiga, fria
  • 1 c. (chá) de pasta de baunilha (ou extracto)
Recheio
  • 250g de mascarpone
  • 50ml de natas
  • 50g de açúcar em pó
  • Essência de baunilha q.b.

Ganache de chocolate 
  • 150g de chocolate de negro de boa qualidade (50% cacau)
  • 300ml de natas (30% m.g.)



{Ganache}

Preparar de preferência na véspera.

Levar ao lume 200ml de natas até começar a ferver. Fora do lume, juntar o chocolate partido, esperar uns instantes e misturar com uma vara de arames até ficar homogéneo. Juntar os restante 100ml de natas e misturar. Reservar tapado, no frigorífico 4h no mínimo ou a noite toda, de preferência. No dia seguinte, bater a ganache (bem fria) até obter um chantilly firme e reservar no frigorífico até usar.

Nota: Na ganache, se preferir poderá usar chocolate de leite mas na proporção de 200ml de natas por 200g de chocolate de leite de boa qualidade.


{Massa areada}

Thermomix- Bimby: Pulverizar o açúcar uns segundos na vel. 9. Colocar os restantes ingredientes no copo e misturar uns segundos na Vel. 4, até conseguir moldar uma bola. Se necessário adicionar mais farinha. Envolver em película aderente e reservar no frigorífico 15 min.

Tradicional: Num recipiente, misturar a farinha, o açúcar e o sal. Juntar a manteiga aos bocados, o ovo, a baunilha e trabalhar manualmente até conseguir moldar uma bola. (Se necessário, juntar mais farinha). Envolver em película aderente e reservar no frigorífico durante 15 min.

Estender a massa e forrar uma tarteira de 16x24 ou de Ø20. Colocar papel vegetal na base e uns feijões por cima e levar ao forno pré-aquecido uns 15 minutos (até ficar ligeiramente dourada). Deixar arrefecer completamente.


{Recheio de mascarpone}

Tradicional: Numa taça bater o mascarpone com as natas frias. Juntar o açúcar e a essência e bater até ficar homogéneo. 

Thermomix-Bimby: Misturar todos os ingredientes na vel. 3/4, até ficar homogéneo.

Espalhar o creme de mascarpone no fundo da tarte e alisar bem. Com o saco pasteleiro, formar umas estrelas de ganache em toda a superfície da tarte. Reservar no frigorífico até servir.







Gelado de doce de leite e nozes pecãs



Os dias por aqui têm sido mais quentes, preguiçosos no que diz respeito à cozinha. Quer na praia ou na piscina, as leituras favoritas são este maravilhoso livro de gelados da Linda Lomelino e a coleção de revistas da Saveurs de verão, com receitas bem frescas e de dar água na boca.

A semana começa com um gelado, dos bons. De doce de leite, super cremoso, decadente, irresistível, com notas de baunilha e um crocante maravilhoso de nozes pecãs torradas. O paraíso! Servido com um delicioso topping de chocolate de leite e a acompanhar com umas deliciosas bolachas waffles de baunilha.




Gelado de doce de leite e nozes pecãs
do livro Glaces Maison de Linda Lomelino

    Gelado
  • 1 lata de doce de leite, ou leite condensado cozido (400g) 
  • 250ml de natas 
  • 150ml de leite
  • 1 c. (sopa) de rum baunilhado* (extracto de baunilha caseiro ou outro licor a gosto)
  • Topping de chocolate de leite da Vahiné p/ servir
    Nozes pecãs
  • 50g de nozes pecãs
  • 1 c. (sopa) de manteiga derretida
  • Sal p/ polvilhar

{Nozes Pecãs}

Pré-aquecer o forno a 150ºC. Dispor as nozes num tabuleiro forrado com papel vegetal. Pincelar com manteiga e povilhar com sal. Levar ao forno 15 a 20 minutos, mexendo de vez em quando. Deixar arrefecer e triturar grosseiramente.



{Gelado}

Tradicional: Misturar as natas, o leite, o rum e o doce de leite com a batedeira até ficar homogéneo. Colocar num recipiente, tapar e levar ao frigorífico umas horas até ficar bem frio.

Thermomix-Bimby: Colocar todos os ingredientes no copo e misturar na vel. 3/4 até ficar homogéneo. Colocar num recipiente, tapar e levar ao frigorífico umas horas até ficar bem frio)

Bater a mistura na máquina de gelados durante cerca de 50 minutos. Transferir o gelado para o recipiente, juntar as nozes picadas, envolver com um garfo e tapar com película aderente.
Levar ao congelador pelo menos uma noite ou até solidificar bem.
Caso não tenha máquina de gelados deverá colocar a preparação numa caixa no congelador e retirar de 30 em 30 minutos e bater bem com a batedeira (ou garfo) para quebrar os cristais de gelo e ficar mais cremoso, até solidificar.

*O rum ou licor é opcional. O álcool torna o gelado ainda mais cremoso e evita a formação de cristais de gelo. Costumo preparar o meu extracto de baunilha com rum em vez de vodka. O sabor do rum quase não se nota no gelado.








Framboisier - Bolo de amêndoa, mascarpone e framboesa




Hoje trago mais um bolo de aniversário que fiz para a minha madrinha no passado fim de semana. Baseei-me nesta receita bem antiga do blog e renovei-a. Foi assim que o imaginei, a imitar o clássico framboisier e fiquei apaixonada pelo resultado...
O bolo é de amêndoa aromatizado com água de flor de laranjeira, recheado com doce de framboesa, chantilly de mascarpone e framboesas frescas. Conseguem imaginar o sabor?
Aviso desde já que é dos melhores bolos que já provei. Desafio-vos a experimentar, depois logo me contam :)






Framboisier - Bolo de amêndoa mascarpone e framboesa
      
     (Para 3 formas de Ø16)
      

      Bolo
  • 5 ovos
  • 200g de açúcar
  • 180g de farinha c/ fermento
  • 150g de amêndoa moída
  • 125g de manteiga c/ sal, derretida
  • 2 c. (sopa) de água de flor de laranjeira
  • 1 c. (café) de extrato de baunilha
  • Raspas de 1 limão

      Creme de mascarpone
  • 500g de mascarpone
  • 150ml de natas bem frias
  • 150g de açúcar em pó
  • 1 c. (café) de extrato de baunilha

      Recheio      
  •  200g de framboesas
  •  150g de doce de framboesa 

      Decoração
  • Framboesas q.b.
  • Frutos vermelhos desidratados      
  • Açúcar em pó
  
   


BOLO

Untar 3 formas de Ø16cm e forrá-las com papel vegetal.


Tradicional: Bater os ovos com o açúcar, a água de flor de laranjeira e a baunilha durante 10 minutos, até obter um creme esbranquiçado e volumoso. Envolver a farinha peneirada. Por fim juntar a amêndoa moída, as raspas de limão e a manteiga derretida. Envolver até ficar homogéneo.

Thermomix – Bimby: Pulverizar o açúcar na vel. 9. Posicionar a borboleta no copo. Juntar os ovos, a água de flor de laranjeira e a baunilha e programar 12min/37º/vel.3 e 1/2. Juntar a farinha peneirada e envolver 10 seg/ Vel.3.  Por fim juntar a amêndoa moída, as raspas de limão e a manteiga derretida e misturar 10 seg/ Vel. 3. Se necessário misturar com a espátula até ficar homogéneo.

Dividir a massa pelas 3 formas e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 25 a 30min. ou até o palito sair seco. Desenformar e deixar arrefecer completamente numa grelha.


CREME DE MASCARPONE

Tradicional: Bater o mascarpone até ficar bem cremoso. Incorporar as natas e bater até ficar firme. Juntar o açúcar em pó e bater uns minutos até obter um creme fofo  e firme.


Thermomix-Bimby:  Colocar a borboleta no copo. Bater o mascarpone e as natas bem frias durante 2min./vel.3. Juntar o açúcar em pó e programar mais 3min./vel.3,  até ficar firme.

MONTAGEM

Cortar os topos de cada bolo para alisar, caso necessário. Colocar um bolo no prato de serviço, barrar com compota de framboesa, distribuir algumas framboesas no centro e à volta da extremidade do bolo. Com o saco pasteleiro espalhar creme de mascar pode nos espaços vazios e formando uma camada por cima das framboesas. Colocar outro bolo, endireitar e  repetir a operação até à última camada. No topo espalhar um pouco de creme de mascarpone e alisar. Decorar com framboesas, frutos desidradados e polvilhar com açúcar em pó. Levar o bolo ao frigorífico durante pelo menos 6 a 8h.






{Sigam também o Coco & Baunilha no Facebook e Instagram}

Cheesecake de limão e mirtilo


O verão veio para ficar e as sobremesas querem-se frescas, coloridas e com sabores da época. Como já repararam o cheesecake é uma das minhas paixões, não me canso de experimentar novas versões e a lista de receitas cá do blog já vai longa. 
Vamos aproveitar os mirtilos em plena época e preparar este maravilhoso cheesecake que deixará qualquer um rendido. A combinação limão, baunilha e mirtilo é simplesmente irresistível, a cor apaixonante... Pode ser servido fresco ou semi congelado. Para saborear de preferência no final de um dia de praia :)




Cheesecake de limão e mirtilo
(Para uma forma de 19 a 22cm)

     {Base}
  • 150g de bolacha a gosto (usei biscoitos Rose de Reims)
  • 50g de manteiga amolecida

     {Creme de queijo}
  • 400g de queijo creme tipo Philadelphia
  • 200g de queijo quark 
  • 3 ovos
  • 200g de açúcar
  • Sumo de 1/2 limão
  • Raspas de 1 limão
  • 1 vagem de baunilha ou 1 c. (sob) de pasta de baunilha
  • 1 pitada de sal
  • 2 c. (sopa) de Maizena (ou farinha)
  • 200g de mirtilos frescos ou descongelados

     {Cobertura}
  • 150g de crème fraiche (ou natas frescas)
  • 2 c. (sopa) de açúcar
  • Umas gostas de extracto de baunilha



Forrar a base de uma forma com fundo amovível (19cm) com papel vegetal. Pincelar ligeiramente com óleo vegetal a lateral ou aro da forma e forrar também com papel papel vegetal. Pré-aquecer o forno a 160º. Colocar um recipiente com água na base do forno (para criar vapor e evitar que o cheesecake fenda durante a cozedura).

{Base} 

Triturar as bolachas. Juntar manteiga amolecida e misturar bem até ficar areada. Espalhar a bolacha uniformemente no fundo da forma pressionando com a ajuda de um copo para alisar. Reservar no frigorífico. (Thermomix – Bimby: Pulverizar as bolachas uns segundos na vel. 9. Juntar manteiga derretida e misturar 15 seg /vel. 6).  Espalhar a bolacha uniformemente no fundo da forma pressionando com a ajuda de um copo para alisar. Reservar no frigorífico.
{Coulis de mirtilo}
No liquidificador ou robot de cozinha, triturar os mirtilos  até obter um puré liso e levar ao lume cerca de 5 minutos. (Thermomix-Bimby: Colocar os mirtilos no copo, pulverizar uns segundos na vel 5-7-9 e programar 5min/´100º/vel.2). Reservar.
{Creme}
Entretanto, colocar numa taça o queijo creme e o quark, juntar o açúcar, o puré de mirtilos, a baunilha, o sumo e raspas de limão, o sal e misturar com a batedeira até ficar homogéneo. Juntar os ovos um a um. Por fim juntar a Maizena peneirada e bater até obter um creme homogéneo. (Thermomix-Bimby: Colocar no todos os ingredientes e misturar na vel. 3 até ficar homogéneo).

{Cobertura}
Misturar numa taça o crème fraiche com o açúcar e a baunilha e reservar.


Pré-aquecer o forno a 180ºC, com um recipiente com água na base (para criara vapor). Levar ao forno a 160º e deixar cerca de 50 minutos, ou até ficar firme nas laterais e meio mole no centro. Retirar do forno espalhar o crème fraiche por cima do cheesecake e levar novamente ao forno cerca de 10 a 15 minutos. Deixar arrefecer no forno e colocar no frigorífico durante uma noite. Se preferir, colocar no congelador e retirar 30 minutos antes de servir.













{Cake stand em madeira vintage, lilás com rosas, disponível por encomenda}

                                            


barra navegação

Blogger Widgets