sexta-feira, 21 de julho de 2017

Gelado de baunilha (sem máquina) com granola de aveia e frutos vermelhos // No churn vanilla ice cream with berry oat granola



Tempo de gelados é todo o ano mas normalmente só costumo fazer gelados no verão, no resto do ano vou saboreando de vez em quando na geladaria novos sabores.
Se por um lado adoro gelado caseiro, por outro fotografá-lo não é tarefa fácil uma vez que é sempre tudo à pressa. Tenho de preparar tudo antes, idealizar e montar o cenário, escolher os props, esperar que o gelado atinja a temperatura certa e depois é só fotografar saboreando ao mesmo tempo, enquanto o gelado vai derretendo. Sim porque uma vez que o gelado está no prato, tenho de comê-lo e normalmente ao pequeno almoço porque fotografo quase sempre nesse horário. 
Esta receita é muito fácil e não requer máquina de gelados, faz-se num instante. Fica super cremoso (e calórico também) mas vale muito a pena porque é um gelado versátil, podem aromatizá-lo ao vosso gosto, juntar frutos secos ou acompanhar com fruta, compotas, crumbles, bolos. Desta vez pensei em fazer granola de frutos vermelhos que aviso-vos desde já, é algo de maravilhoso. Fica uma granola mais húmida do que o normal e o contraste de sabores é top. A base é de aveia e sésamo e aromatizei-a com raspas de limão, baunilha e cardamomo. Agora imaginem a combinação com este gelado bem cremoso ...















{Scroll down to english version}


GELADO DE BAUNILHA (SEM MÁQUINA) COM GRANOLA DE AVEIA E FRUTOS VERMELHOS


GRANOLA
70g de flocos de aveia
2 c. (sopa) de sementes de sésamo preto (ou branco)
40g de farinha de aveia
50g de açúcar mascavado + p/ polvilhar
1/4 c. (chá) de sal
1/2 c. (chá) de cardamomo em pó (ou grãos)
Raspas de 1 limão
3 c. (sopa) de óleo de coco (ou manteiga derretida)
1 c. (chá) de pasta de baunilha (ou extracto)
200g de frutos vermelhos (congelados)

Forrar um tabuleiro com papel vegetal.
Cortar os frutos vermelhos em bocados mais pequenos, caso necessário.
Juntar os ingredientes secos numa taça e misturar. Adicionar o óleo de coco, a pasta de baunilha e misturar com as mãos ou uma colher de pau até obter um mistura tipo crumble.
Espalhar os frutos vermelhos no tabuleiro e dispor por cima a mistura de aveia.
Polvilhar com açúcar e levar ao forno a 180ºC, até ficar dourado e a fruta ter libertado o sumo.
Deixar arrefecer e reservar num frasco.


GELADO
500ml de natas p/ bater, c/ 35% de m.g. bem frias
1 lata de leite condensado
200g de queijo-creme tipo Philadelphia
2 c. chá de pasta de baunilha (ou extracto ou 1 vagem de baunilha raspada)
1 c. (sopa) de sumo de limão
1/4 c. chá de sal

Numa taça misturar o leite condensado a baunilha e o sal. Reservar.
Numa taça grande (ou na batedeira) bater o queijo-creme até ficar macio. Juntar as natas bem frias e bater inicialmente a baixa velocidade acabando na velocidade máxima até ficar firme, cerca de 3 a 4 minutos. Adicionar metade do leite condensado e bater novamente, depois juntar o restante leite condensado e envolver delicadamente com uma espátula, até ficar incorporado.
Colocar o creme numa forma com cerca de 18 a 20cm, tapar bem com película aderente e levar ao congelador até solidificar.
Retirar do congelador 10 a 15 minutos antes de servir.
Servir com a granola de frutos vermelhos.

Adaptado do The Simple & Sweet Kitchen


{Recipe in English}


NO CHURN VANILLA ICE CREAM WITH BERRY OAT GRANOLA

GRANOLA
70g old fashioned oats
2 tbsp black sesame seeds
40g oat flour
50g brown sugar
1/4 tsp salt
1/2 tsp cardamom powder
Zest of 1 lemon
3 tbsp coconut oil (or melted butter)
1 tsp de vanilla paste (or extract)
200g berries


Preheat the oven at 350F, prepare a baking sheet or pan with aluminum foil
Place your berries on the baking sheet, if some of them are too big, cut them in quarters.
In a bowl place all of the crumble ingredients and using a fork or your bare hands, mix everything until there are no big clumps.
Put mix on top of the berries in an even layer, and sprinkle with additional sugar.
Bake for 20-30 minutes until berries have released their juices and top of crumble looks golden brown.
Remove from the oven and set aside.


ICE CREAM
500ml heavy cream, very cold
1 can (397g) sweetened condensed milk
200g cream cheese
2 tsp vanilla paste (ou extract or 1 vanilla pod, scrapped)
1 tbsp lemon juice
1/4 tsp salt

In a small bowl, whisk together condensed milk, vanilla and salt. Set aside.
In a large bowl, beat the cream cheese with an electric mixer fitted with the whip attachment on high until smooth and creamy and there are no lumps.
Turn the mixer to low and slowly add the whipping cream in a steady stream.
Once all the cream in incorporated, turn the mixer to high and whip until stiff peaks form; about 3-4 minutes.
Add half of the whipped cream cheese mixture to the condensed milk mixture and whisk to combine. Add the condensed milk mixture to your bowl of whipped cream and use a spatula to fold the whipped cream into the condensed milk until smooth and no streaks of whipped cream remain.
Pour the mixture into a 9 or 10 inch cake pan (alternatively you could use a loaf pan).
Cover with plastic wrap and set in the freezer for 5-6 hours before serving.

 Adapted from The Simple & Sweet Kitchen





terça-feira, 11 de julho de 2017

Tarte de limão vegan // Raw lemon tart


No verão querem-se receitas frescas, práticas, de preferência sem forno e com as cores da estação.  Esta é a minha primeira tarte vegetal. A base é a mesma dos cheesecakes vegan cá do blog, só muda  o formato e o sabor.
Já vos falei da minha paixão por este tipo de cheesecake ou tarte vegan e volto a repetir que é mesmo viciante, dos meus prazeres favoritos. Além disso é 100% vegetal, com ingredientes saudáveis e super fácil de fazer, basta juntar todos os ingredientes e triturar tudo (num robot de cozinha ou liquidificador), nada mais prático. Só necessita de passar umas horas no congelador.
Quanto ao sabor, se gostam de limão e baunilha como eu, vão adorá-la. Os cajus e o leite de coco só servem para dar corpo e cremosidade, de sabor ficam neutros, sobressaindo neste caso o aroma de limão e baunilha. A textura é incrível, firme e ao mesmo tempo de uma cremosidade inigualável, acho que conseguem ver isso nas fotos :)
Se tiverem dificuldade em encontrar algum dos ingredientes, deixem um comentário que eu terei todo o gosto em ajudar.











{Scroll down to english version}


TARTE DE LIMÃO VEGAN 

Para uma tarteira c/ fundo amovível de 23 a 24cm

Base
170g de amêndoas (ou outro fruto seco)
40g de coco ralado (ou outro fruto seco)
1 pitada de sal
1c. (café) de extracto de amêndoa ou baunilha
2 c. (sopa) de xarope de ácer (ou ágave ou outro adoçante natural)
1 a 2 c. (sopa) de óleo de coco

Recheio
200g de caju (cru, sem sal), demolhados
Sumo e raspas de 3 limões grandes
1 vagem de baunilha raspada (ou 2 c. chá de pasta ou extracto de baunilha)
1 lata (400ml) de leite de coco*, bem fria
100ml de óleo de coco
150ml de xarope de ácer**(ou ágave ou outro adoçante natural)
1 c. chá de açafrão (só para dar cor, não se nota o sabor)
1 pitada de sal

Para servir
200ml de leite de coco, bem fria
1 c. chá de extracto de baunilha
2 c. (sopa) de xarope de ácer ou ágave
Frutos vermelhos


Na véspera colocar os cajus numa taça e cobrir com água. O ideal será deixar de molho durante uma noite (ou 6h no mínimo). Antes de preparar a receita, escorrer bem os cajus.

BASE
Forrar a base de uma tarteira c/fundo amovível (aprox. 22cm) com um círculo de papel vegetal. 
Num processador de alimentos, triturar todos os ingredientes secos.
Juntar a baunilha, o xarope de ácer (ou outro adoçante) e o óleo de coco e misturar bem até obter conseguir moldar.
Espalhar a mistura no fundo da forma pressionando com os dedos de forma a preencher também a lateral.
Com a ajuda das costas de uma colher de sopa, alisar bem.
Reservar no frigorífico enquanto prepara o recheio.

RECHEIO
Caso o óleo de coco esteja sólido, coloque o frasco em numa taça com água quente (em banho-maria) até ficar líquido.
Abrir a lata de leite de coco (que deverá estar bem fria), escorrer a água e reservar a parte sólida ou seja o creme de coco, numa taça.
No processador de alimentos colocar todos os ingredientes e triturar tudo na velocidade máxima até obter um creme liso. Provar e se necessário, ajustar a quantidade de adoçante.
Espalhar o creme na forma e alisar e levar ao congelador umas 6 horas no mínimo até solidificar.

PARA SERVIR
Extrair a parte sólida de uma lata de leite de coco bem fria para uma taça, juntar o adoçante e a baunilha e bater até obter um creme consistente tipo chantilly. 
Decorar a tarte a gosto e servir com natas de coco e frutos vermelhos.



NOTAS
*Escolher uma lata de leite coco com maior teor de gordura (ver o rótulo) e refrigerar a lata de leite de coco na véspera para estar bem fria. Na receita deverá utilizar apenas a parte sólida do leite de coco (creme de coco) e reservar o líquido para acrescentar um pouco se necessário.

**O xarope de ágave ou xarope de ácer e o óleo de coco podem encontrar em lojas dietéticas, de produtos naturais ou nos hipermercados (Jumbo por ex.). Podem usar mel ou o adoçante que preferirem, quanto às quantidades certas, o melhor será provar o creme e ajustar ao v/ gosto.
Os frutos secos para a base podem ser nozes, amêndoas, avelãs, etc. As tâmaras também podem ser usadas para adoçar.
A passagem pelo congelador é essencial para ficar sólido e consistente e para desenformar na perfeição. Convém retirar uns minutos antes de servir para ficar mais cremoso. Não se preocupem que ele manterá a forma mesmo à temperatura ambiente. Depois podem conservá-lo no frigorífico.


LEMON RAW TART

Crust
170g sliced almonds
40g unsweetened shredded coconut
1 pinch fine sea salt
1 tsp almond extract (or vanilla)
2 tbsp  maple syrup (or ágave)
1 or 2 tbsp coconut oil
    Filling
    200g raw cashews, soaked in cool water
    Zest from 3 large lemons
    150ml lemon juice
    2 tsp vanilla paste
    1 can (400ml) full fat coconut milk, chilled (only firm cream)
    100ml coconut oil
    150ml maple syrup (or agave)
    1/2 tsp ground turmeric (optional, just for color)
    Pinch of salt
      To serve
      200ml coconut cream, chilled
      1 tbsp maple syrup
      1/2 tsp vanilla paste
      Summer berries


      CRUST
      Process the nuts with saltand vanilla in a food processor until crumbly.
      Add maple and coconut oil and process just to combine.
      Press the mixture into the sides and bottom of a 9” tart pan with a loose bottom.
      Chill while you make the filling.

      FILLING
      Rinse and drain the cashews.
      Throw all filling ingredients into your into a food processor and blend for about 3 minutes, until silky-smooth. If necessary, add a tablespoon of coconut milk.
      Press the mixture evenly into the base of the cake tin.
      Cover and put into freezer to set, until it reaches the desired consistency (5 hours).

      TO SERVE
      Remove the coconut cream from the refrigerator, open the can and scrape the firm top part into the bowl of a stand mixer fitted with the whip attachment, discarding the liquid.
      Add the maple syrup and vanilla extract and whip until the mixture holds soft peaks.
      Chill again to firm the coconut cream, 30 minutes or up to several hours.
      When the tart filling is firm, remove from the refrigerator and serve with the coconut cream and berries.

       


      terça-feira, 27 de junho de 2017

      Gâteau Basque com doce de cereja // Gâteau Basque with cherry jam


      Bem sei que agora só apetece coisas frescas mas não resisti em ligar o forno para experimentar esta especialidade do País Basco, na região dos Pirenéus (Norte de Espanha e Sudoeste de França). O Gâteau Basque é um bolo que tem como como base uma massa areada aromatizada com amêndoa e recheada com doce de cereja preta ou creme pasteleiro, perfeito para acompanhar com uma bola de gelado. Normalmente é feito numa forma normal redonda mas acho que fica mais bonito em forma de tarte.
      A textura da massa fica entre o bolo e a tarte, meio crocante meio macia, com um delicioso sabor a manteiga e amêndoa a conjugar com o doce de cereja, um verdadeiro delírio para as papilas. Eu já imaginava que fosse bom mas confesso que superou as minhas expectativas, fiquei completamente rendida!  Usei doce de cereja de compra, o meu favorito da Bonne Maman, mas como estamos em plena época ainda vão a tempo de prepararem o vosso doce de cereja.














      {Scroll down to english recipe}



      GÂTEAU BASQUE COM DOCE DE CEREJA
      Adaptada de Dorie Greenspan


      275g de farinha
      1 c. chá de fermento em pó
      1/2 c. chá de sal
      125g de açúcar amarelo
      125g de manteiga amolecida (usei c/ sal)
      1/2 c/ chá de extrato de amêndoa
      1 c/ chá de pasta ou essência de baunilha
      1 ovo
      Raspa de 1 limão
      Raspa de 1/2 laranja
      300g de doce de cereja (usei de compra da Bonne Maman)
      1 ovo batido c/ 1 c. chá de água p/ pincelar


      Untar com manteiga uma forma normal ou tarteira (de preferência com fundo amovível) c/ 22cm ou 4 tarteiras de 10 a 12cm. Caso não tenha fundo amovível, forrar o fundo com um círculo em papel vegetal.
      Numa taça, misturar a farinha, o sal, o fermento em pó e reservar.
      Bater a manteiga com o açúcar e as raspas durante 3 minutos.
      Adicionar o ovo, os extractos e bater mais 2 minutos.
      Incorporar a farinha em 3 vezes e bater em baixa velocidade, o mínimo possível até ligar bem.
      Obterá uma massa mole e pegajosa. Envolver em película aderente, bem espalmada e reservar no frigorífico no mínimo 3 horas (ou durante uma noite), desta forma será mais fácil moldá-la com o rolo.
      Retirar a massa do frigorífico, dividi-la em 2 partes, uma maior que a outra. Reservar a mais pequena no frigorífico, enquanto forra a forma com a maior. Colocar a massa entre 2 folhas de papel vegetal e esticar com o rolo. Forrar a forma e rechear com o doce de cereja tendo o cuidado de deixar uma pequena margem para depois cobrir com a massa restante. Reservar no frigorífico.
      Esticar a massa restante num diâmetro ligeiramente superior ao da forma, com cerca de 5mm de espessura. Molhar os bordos da tarte com água e cobrir com a massa pressionando bem nas extremidades. Levar novamente ao frigorífico, cerca de 30 minutos. 
      Entretanto aquecer o forno a 160ºC, pincelar a tarte com a mistura de ovo e com a ponta de uma faca fazer uns efeitos em xadrez. Levar ao forno até ficar bem dourada, cerca de 40 minutos.



      {Recipe in English}


      GÂTEAU BASQUE WITH CHERRY JAM
      Adapted from Dorie Greenspan

      275g flour
      1 tsp  baking powder
      1/2 tsp salt
      125g sugar
      125g butter
      1/2 tsp almond extract
      1 tsp vanilla paste or extract
      1 egg
      1 Lemon Zest
      1/2 Orange Zest
      300g thick cherry jam (I used Bonne Maman)
      1 egg beaten with a tsp of water, for the glaze



      Whisk together the flour, baking powder, salt and set aside.
      Using a mixer fitted with the paddle attachment, beat the butter and both sugars together on medium speed for about 3 minutes, or until smooth.
      Add the egg and beat another 2 minutes, scraping down the sides of the bowl as needed. The mixture may appear curdled. Reduce the mixer speed to low and add the dry ingredients in two or three additions, mixing just till they're incorporated into the dough.
      Place a large sheet of plastic wrap on your work surface and put half of the very soft and sticky dough in the center of the sheet. Cover with another piece of plastic, then roll the dough into a circle slightly larger than 8 inches in diameter. As you're rolling, turn the dough over and lift the plastic frequently, so that you don't roll it into the dough and form creases. Repeat with the other half of the dough.
      Put the dough on a cutting board or baking sheet and refrigerate it for about 3 hours or for up to 3 days.
      When you're ready to assemble and bake the gateau, center a rack in the oven and preheat the oven to 350º.
      Generously butter a 2-inch high 8-inch round cake pan or springform pan.
      Remove the layers from the refrigerator and let them rest on the counter for a couple of minutes before peeling away the plastic or paper.
      Fit one layer into the pan, pressing together any cracks or breaks with your fingers. Trim off any excess dough. Spoon some of the jam onto the dough, starting in the center of the cake and leaving one inch of dough bare around the outer edge.
      Moisten the bare ring of dough with a little water and then top with the second piece of dough, pressing down around the edges to seal it.
      Brush the top of the dough with the egg glaze and use the tips of a fork to create a cross-hatch pattern across the top.
      Bake the cake for 40 to 45 minutes, or until the top is golden brown.
      Transfer the cake to a cooling rack and let it rest for 5 minutes before running a knife around the edges of the cake to loosen it from the pan. Carefully flip cake over onto a cooling rack and then quickly invert it onto another rack so that it can cool fully right side up. If you're using a springform pan, remove the sides and carefully move to a cooking rack using a large spatula.